Espanhol Para Crianças: Articulação Entre Ensino, Pesquisa E Extensão

Deise Anne Terra Melgar, Larissa Da Silva Ramos, Cristina Pureza Duarte Boéssio

Resumo


Introdução: Ao nos deparamos com a dificuldade de ensinar Espanhol como uma segunda língua para crianças ainda em fase de alfabetização da língua materna (Português) surgiu o projeto de pesquisa “O Futuro docente de Língua Espanhola e as Séries Iniciais do Fundamental, Aprendizagem/Aquisição Através de Canções”, que tem por objetivo refletir sobre este ensino, oportunizando, assim, uma formação docente mais qualificada e uma abordagem mais lúdica no ensino de língua estrangeira, ancorada na oralidade. Para colocar em prática o estudo feito criou-se no campus da UNIPAMPA de Jaguarão o projeto de extensão “Español Básico para Niños”, no qual acadêmicos do curso de Letras, participantes do grupo de pesquisa, ministram aulas de Espanhol desde o primeiro semestre de 2008. Material e Métodos: Como metodologia se utiliza neste projeto a audição de canções – textos autênticos e atuais –, discussão das idéias implícitas e explicitas apresentadas nas canções e percepção dos recursos lingüísticos utilizados. Resultados e Discussão: Como resultados da criação do curso básico I houve uma grande procura por novas turmas bem como a solicitação de pais e alunos para uma continuidade dos estudos levando-nos, então, a ampliar o projeto. Além disso, com o intuito de trocar experiências, materiais e buscar parcerias criamos um blog onde divulgamos fotos das atividades e também trabalhos apresentados relacionados com essa temática. Conclusões: Concluímos que o projeto é de extrema relevância social, pois atuamos diretamente com crianças da rede pública de ensino da cidade de Jaguarão que não têm essa disciplina no currículo. O ensino de língua espanhola em região de fronteira é essencial, pois facilita as relações inter-pessoais incentivando o respeito às diferenças. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


espanhol para crianças, ensino, pesquisa, extensão

Apontamentos

  • Não há apontamentos.