AnÁlise Do Mapeamento Produtivo De Um Curtume Na Cidade De BagÉ-rs

Adriana Dias Da Silva, Aline Falcão, Guilherme Marcon Frick, Aline Soares Pereira

Resumo


Introdução: O principal produto dos curtumes é o couro porque dele saem vários subprodutos, como gelatina, chiclete, Dog Toy, sebo para sabonetes, etc. O couro é uma pele animal que passou por processos de limpeza, de estabilização dada pelo curtimento e de acabamento, para confecção de bolsas, calçados, entre outros. O processo de transformação de peles em couros é normalmente dividido em três etapas principais, conhecidas por ribeira/curtimento, recurtimento e acabamento. O estudo realizado descreve um diagnóstico prático dos sistemas produtivos em um curtume no Rio Grande do Sul. Material e Métodos: Esta pesquisa é um estudo de caso de caráter exploratório da trajetória do processo de beneficiamento do couro, através de visitas in loco e estudo de referências bibliográficas. Dessa forma, o curtume em questão nesse estudo é do tipo “Ribeira / curtimento, ele processa desde pele crua até o curtimento, o produto final recebe o nome “wet-blue” devido ao aspecto úmido e azulado do couro obtido após o curtimento ao cromo. O objetivo deste artigo foi, além de mapear todo o processo produtivo, sugerir uma melhoria que fosse realmente de acordo com os interesses da organização. Resultados e Discussão: Analisando o fluxo do curtume conseguimos identificar uma melhoria importante a ser feita. Os carimbos são como o documento de identidade das peles dentro do processo produtivo, ele nos dá a informação de procedência, data da chegada, tipo de conservação e unidade produtiva. No caso do curtume em estudo a etapa de carimbo está localizada em duas etapas, na classificação após o descarne, as peles que serão curtidas integrais (sem divisão) e após a divisão para as divididas. Como muitas vezes as peles são misturadas com mais de um fornecedor na etapa da depilação/caleiro, não há certeza de procedência. As peles são carimbadas de acordo com a quantidade carregada nos fulões. Com isso, fica difícil a rastreabilidade e não há como o controle de qualidade agir diretamente sobre o problema, algum lote de carimbos ou até mesmo sobre um fornecedor. Ao identificarmos isso, elaboramos um plano de melhoria para que haja uma padronização e melhor rastreabilidade dos couros no processo, até seu fim. Nosso plano de melhoria foi de transferir as etapas do carimbo(que inicialmente era feita em duas) para uma etapa só, no começo do fluxo, antes das peles serem carregadas no fulão, sabemos que não poderá haver perda de tempo, o que atrasará o fluxo inteiro e conseqüentemente atrasará lead time do produto final. Para isso deverá haver um funcionário a mais só para fazer o serviço do carimbo sendo que o mesmo era feito pelo classificador e pela pessoa que separava as peles divididas para serem carregadas nos fulões de curtimento. Conclusões: Com a análise geral dos sistemas produtivos no curtume podemos concluir que a implementação da melhoria, o descarregamento dos fulões de caleiro será um pouco mais demorado devido a separação das peles por carimbo, mas isso é necessário para uma melhor qualidade do produto final. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


sistemas produtivos, gerenciamento de processos, curtume

Apontamentos

  • Não há apontamentos.