Proposta Para A Redução Do Consumo De Água PotÁvel Em Escolas Municipais De Alegrete

Carlos Alexandredaconceição, Aldo Leonel Temp, Lidiane Bittencourt Barroso

Resumo


Introdução: Nos últimos anos tem aumentado os estudos em torno da utilização da água de chuva, através da coleta e aproveitamento, em virtude dos problemas de escassez e poluição dos mananciais próximos as cidades. A captação desta água para fins não-potáveis torna-se uma alternativa viável para minimizar os danos causados as fontes de recursos hídricos. O objetivo deste trabalho foi propor um projeto de caráter sustentável, de um sistema de captação e aproveitamento de água de chuva para a Escola Municipal Eurípedes Brasil Milano, localizada na fronteira oeste do estado do Rio Grande do Sul, no município de Alegrete. Material e Métodos: A metodologia aplicada envolveu a coleta de dados referentes à precipitação da cidade, ao consumo mensal de água potável da escola, à análise da área física construída, para a elaboração de um projeto viável para um sistema de coleta e armazenagem, visando a diminuição do desperdício de recursos hídricos potáveis. Foi consultado o Sistema de Monitoramento Agrometereológico para verificação da precipitação média mensal. O consumo de água potável da escola foi obtido por meio das informações das contas mensais da CORSAN. O aproveitamento de água de chuva na cobertura da escola foi realizado conforme os requisitos da norma NBR 15527, sendo que para o dimensionamento do reservatório, foi escolhido o Método de Azevedo Neto. Resultados e Discussão: Foram dimensionados os condutores horizontais com diâmetro igual a 200 mm e declividade de 4% para o escoamento das águas pluviais ao reservatório. Com base na precipitação média mensal do município que é igual a 116,9 mm, determinou-se o uso de um reservatório com capacidade de 5000 L para armazenar a água de chuva. Assim, reduzindo o consumo da Escola que é de 80,1m3 em até 6 %, a cada nova precipitação que encher esse reservatório, o qual será usado apenas em atividades que não necessitem de uma boa qualidade. Conclusões: Através destes estudos, pretende-se contribuir para uma maior sensibilização da população que a água é um bem escasso e que deve ser usado de maneira racional e sustentável. Portanto, aproveitar a água de chuva nesta escola poderá reduzir o seu desperdício parcialmente, e para que aconteçam mudanças direcionadas com bases técnicas legais e com a qualidade, é importante o conhecimento, discussões e a participação da comunidade. Orgão de Fomento: Unipampa

Palavras-chave


Aproveitamento de água, precipitação, captação de água, reservatório

Apontamentos

  • Não há apontamentos.