Boas PrÁticas No EstÁgio Extracurricular No Curso De Graduação Em Administração: Construindo Um Consenso

Aline Schmidt San Martin

Resumo


Introdução: O estágio extracurricular é uma prática que ocupa um espaço considerável na vida acadêmica atual, principalmente nos cursos de caráter aplicado, como Administração, onde o acadêmico interage com o ambiente diário das organizações. No Brasil, as diretrizes sobre estágio são norteadas pela Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Existem vários estudos sobre otimizar a experiência do estágio através da utilização de práticas de estágio. Neste contexto, cada instituição possui uma metodologia para a execução das atividades que nem sempre são coerentes com o que se pode chamar de boas práticas. O objetivo deste estudo é, identificar o que são consideradas Boas práticas de Estágio e verificar se estas se aplicam para o estágio extracurricular no curso de Administração. Material e Métodos: Da base teórica foram tiradas as boas práticas de estágio, estas compuseram um questionário que foi aplicado aos supervisores de estágio extracurricular do curso de Administração de doze instituições de Ensino superior do RS e que se dispuseram a responder o questionário. O questionário foi elaborado visando permitir que os supervisores de estágio extracurricular das IES avaliassem as boas práticas de estágio com notas que variavam de 1 (sem importância) a 10 (extrema importância) referindo-se s a sua importância para o estágio extracurricular. A aplicação dos questionários deu-se de duas formas: por e-mail e por telefone. Os resultados foram tabulados de modo a se obter a nota média dada para cada uma das boas práticas relacionadas no questionário, bem como incluindo sugestões feitas pelos pesquisados. Para fazer-se a análise, as respostas foram observadas em conjunto, para obter-se uma visão geral de importância de cada uma das boas práticas elencadas para o processo de estágio. Após esta análise, retomou-se as categorias estabelecidas e foram feitas as comparações de prioridades dentro de cada uma das categorias. Resultados e Discussão: Dos resultados obtidos, de modo geral, observou-se que, a concepção de boas práticas de estágio obtidas através de pesquisa documental e bibliográfica, vai ao encontro das boas práticas de estágios extracurriculares também, conforme a análise das pessoas familiarizadas com o tema ou responsáveis pelo estágio extracurricular das IES que foram consultadas. Percebeu-se que há disparidades de competências essenciais para a escolha do profissional responsável pelo estágio extracurricular nas IES. Vale enfatizar que, apesar de consolidadas as boas práticas estudadas pelos supervisores de estágio, nenhuma das instituições contatadas afirmou desenvolver alguma destas práticas. Conclusões: Há uma diversidade de artigos acadêmicos, revistas, órgãos responsáveis e, legislação que abordam ações que são consideradas boas práticas e que devem ser aplicadas no estágio curricular para a obtenção de um maior aproveitamento deste na vida profissional dos acadêmicos. No entanto, não é encontrada esta mesma diversidade de informação sobre boas práticas referentes ao estágio extracurricular, embora esta prática seja uma constante na formação de ensino superior e esteja consolidada na vida de muitas instituições.Neste estudo foi percebido que a existe consciência sobre a necessidade de implementar-se boas práticas no processo de estágio curricular e que estas coincidem com aquilo que já é praticado ou deve ser praticado no estágio curricular. No entanto, apesar da consciência, as ações que envolvem o estágio curricular não seguem estritamente este conjunto de boas práticas. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Estágio, Extracurricular, Boas Práticas, Administração

Apontamentos

  • Não há apontamentos.