A Importância Da Promoção Em Saúde Mental No Grupo Hiperdia No Posto União Das Vilas/uruguaiana – Rs.

Camila Gallarreta Rolão, Aline Basso Da Silva, Vilma Constancia Fioravante Dos Santos, Tatiele Roehrs Gelati, Beatriz Franchini

Resumo


Introdução: Trata-se de um Relato de Experiência realizado a partir de um Projeto de Extensão desenvolvido pelo Curso de Enfermagem na Universidade Federal do Pampa, no município de Uruguaiana/RS junto a um Grupo de HIPERDIA na Rede Básica de Saúde. Segundo o Ministério da Saúde a prevalência estimada de hipertensão no Brasil atualmente é de 35% da população acima de 40 anos. Isso representa em números absolutos um total de 17 milhões de portadores da doença, segundo estimativa de 2004 do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Cerca de 75% dessas pessoas recorrem ao Sistema Único de Saúde (SUS) para receber atendimento na Atenção Básica. Para atender os portadores de hipertensão e diabetes foi criado o Programa Nacional de Atenção a Hipertensão Arterial e Diabetes Mellitus - HIPERDIA, que compreende um conjunto de ações de promoção em saúde, prevenção, diagnóstico e tratamento dos agravos.Vários autores referem que fatores emocionais intereferem diretamente nos níveis tencionais e glicêmicos dos indivíduos. Material e Métodos: Objetivos: Este estudo teve como objetivo observar a presença/influência de fatores emocionais/psicológicos em pessoas portadoras de Hipertensão e Diabetes participantes do Grupo HIPERDIA.Metodologia: Este relato de Experiência se deu através de uma pesquisa qualitativa exploratória, com coleta de dados a partir de observação participante e registro em Diário de Campo entre março de 2008 e julho de 2009 durante as reuniões semanais do Grupo HIPERDIA. Resultados e Discussão: Durante as reuniões do Grupo eram realizadas atividades de educação em saúde através da utilização de dinâmicas de grupo, exercícios fiscos relaxamento e atividades lúdicas. Com o passar do tempo percebeu-se que a maior necessidade trazida pelo Grupo era também a de um espaço de escuta. O estresse, a ansiedade e a depressão foram variáveis psicológicas presentes nos relatos dos usuários. O grupo expunha durante as reuniões problemas familiares, sociais e financeiros, ansiedade, aumento do apetite, dificuldade de adesão ao tratamento, desestimulo a prática de exercícios físicos e dificuldades para lidar com o processo de envelhecimento. Durante esses encontros pôde-se perceber que o espaço de escuta e troca de experiências entre os participantes trouxe resultados positivos não só através do esclarecimento de dúvidas, redução da pressão e índices glicêmicos de vários integrantes do grupo, mas também pela motivação notada desde a chegada dos integrantes para as reuniões, trocando experiências, contando como enfrentaram a doença e como fizeram para superar cada dificuldade que ela impõe, ajudando aqueles que fazem parte do grupo há menos tempo, ou até mesmo aqueles que ainda não conseguiram encontrar uma forma de minimizar os efeitos dessas patologias. Conclusões: Desta forma, a importância dos cuidados com a saúde mental dos indivíduos hipertensos e diabéticos mostra-se essencial juntamente com o atendimento educativo realizado nos Grupos HIPERDIA. A partir dos relatos trazidos pelos usuários percebeu-se que a oferta de um espaço de escuta mostrou-se bastante eficaz com uma forma preventiva e de controle de agravos das doenças, promovendo melhora na qualidade de vida dos usuários participantes. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Promoção da Saúde

Apontamentos

  • Não há apontamentos.