Pressupostos Motivacionais E Eficiência Organizacional: A Teoria Das Relações Humanas Em Uma Empresa De Prestação De Serviços.

Rafael Kretschmer, Ingrid Thomas, Aline Soares Nunes, Victor Paulo Kloeckner Pires

Resumo


Introdução: Este trabalho tem por finalidade analisar a motivação, a luz dos preceitos formulados pela Teoria das Relações Humanas, em uma empresa de prestação de serviços. Esta Teoria surgiu nos Estados Unidos, desenvolvida por Elton Mayo e é vista como uma reação de oposição à Teoria Clássica da Administração. A Teoria sobre a motivação procura explicar os porquês do comportamento das pessoas: mostra uma nova concepção através do homem social, que propõe que o ser humano é dotado de sentimentos, desejos e temores e que o pagamento ou recompensas salariais não é o único fator decisivo na permanência de um empregado em uma empresa. A satisfação é alcançada pela interação dos grupos sociais e aqueles que possuem dificuldade de trabalhar em equipe, se encontrarão em um moral baixo e seu trabalho será menos produtivo e de baixa qualidade. Mayo passou a chamar atenção para o fato de que o homem é motivado por recompensas sociais, simbólicas e não-materiais. O comportamento motivado pressupõe o conhecimento das necessidades primárias e secundárias: as primárias são comuns à todas as pessoas: alimentação, reprodução, abrigo e segurança; as secundárias são influenciadas pela sociedade, personalidade e diferenças individuais estão relacionadas com as necessidades sociais, materiais, psicológicas e interesses profissionais. A motivação é de extrema importância para causar um bem-estar aos empregados e, conseqüentemente, um trabalho de qualidade. Material e Métodos: Optou-se por abordar o tema qualitativamente, uma vez que as palavras ganham lugar de destaque ao longo da pesquisa realizada. Os métodos descritivo e do estudo de caso se adequam as variáveis envolvidas. Para que os objetivos traçados fossem alcançados, efetuou-se a revisão bibliográfica do tema envolvido, assim como utilizaram-se os resultados obtidos através das entrevistas formuladas ao diretor do Grupo New Life Informática/ São Gabriel, e com os colaboradores. Resultados e Discussão: Verificou-se que os funcionários da empresa New Life possuem um bom relacionamento profissional entre si, pois são motivados a trabalhar em grupo. Esse bom relacionamento permite uma maior satisfação dos mesmos, trabalhando mais e melhor, sendo motivados a participar de gincanas, interagindo com os colegas. Os que se destacam profissionalmente recebem premiações como troféus e bonificações em dinheiro e são elogiados na frente de um ou mais funcionários, como forma de sentirem-se reconhecidos. Percebeu-se que estão satisfeitos com seus salários, compatíveis a seus conhecimentos, pois apesar da crise econômica, foram aumentados em 10 a 15%. A cada mês na empresa é estipulado uma meta de alcançar um número x de novos alunos, se esta meta é alcançada o aumento é repassado aos funcionários. O ambiente de trabalho proporciona um bem – estar a todos, e quando for tomada alguma decisão, os integrantes da empresa são consultados. Conclusões: A título de conclusões, percebeu-se que a empresa se encaixa nos pressupostos estabelecidos na Teoria das Relações Humanas, pois apresenta indicadores de práticas administrativas orientadas para a qualidade de vida no trabalho, com o reconhecimento profissional, aumentando a auto – estima dos empregados. Também apresenta uma característica típica da Teoria, que é a ênfase nos aspectos emocionais, apresentando incentivos que visam satisfazer as perspectivas dos empregados, com o objetivo de sanar as necessidades secundárias, acarretando em um trabalho de qualidade e lucratividade à empresa. Orgão de Fomento: de incentivo

Palavras-chave


organização, motivação, incentivo, administração

Apontamentos

  • Não há apontamentos.