Modelo De Elevação Digital Baseado Em Dados Do Srtm: Uma Ferramenta Para A Cartografia Geológica

Kleyzzer Rosso Rangel, Jobson De Oliveira, Mario J. Thomas Rosales

Resumo


Introdução: A área de estudo localiza-se na região centro-sul do Estado do Rio Grande do Sul na fronteira sudoeste de Caçapava do Sul cerca de 3 km da zona urbana sendo compreendida pelas folhas topográficas Folha Arroio Santa Barbara e Folha Caçapava do Sul (Escala 1:50.000, Ministério do Exército,1979), ocupando uma área de 50 km2 delimitada geograficamente pelas latitudes S 30°31'37 - 30°34'58 e longitudes W 53°28'54 - 53°33'50.A área geológica de estudo é composta por quatro litologias, a leste encontra-se a suíte granítica Caçapava do Sul de idade NeoProterozóico (~ 540 Ma) apresentando metagranitóides de composição sieno e monzogranítica, a oeste existem ocorrências de rochas da formação Santa Barbara de idade Ordoviciano (~ 430 Ma) composta por pelitos e arenitos muito finos a médios em camadas tabulares com laminação plano-paralela, na região central observam-se uma faixa da Seqüência metamórfica Vacacaí do Neoproterozóico (~ 550 Ma), cortando a área na direção norte-sul, apresentando metapelitos, xistos, quartzos-feldspáticos, quartzitos, rochas metavulcânicas, anfibolitos fácies metavulcânicas e na parte centro-sul da área de estudo encontram-se rochas da formação Hilário de idade Neoproterozóico (~ 550 Ma) constituída por conglomerados com clastos de vulcânicas, rochas piroclásticas e litarenitos médios a grossos.No trabalho foram compilados dados de altitudes do SRTM (USGS/NASA, 2007) para a confecção de um modelo de elevação digital do terreno com a finalidade de apoiar e complementar a cartografia geológica e estabelecer correlações com prováveis limites de domínios litoestratigráficos. Material e Métodos: Foi realizada uma integração de dados topográficos e geológicos tendo como base dados de altitudes do SRTM e como fonte da geologia da área o mapa da Folha Cachoeira do Sul (CPRM, 2000).Elaborou-se um mapa geológico da área em Escala 1:250.000 mostrando perfis topográficos na direção noroeste e na direção nordeste visando correlacionar feições topográficas com as diferentes litologias da área. Confeccionou-se um modelo digital de elevação da área usando técnicas em ambiente GIS o que permite uma posterior integração e interpretação de novos dados a serem acrescentados.Um gráfico integrado de perfis regionais mostrando os dados topográficos e geológicos serviu para estabelecer uma correlação com as feições geológicas expostas em superfície segundo a base geológica utilizada. Resultados e Discussão: Conforme o modelo digital do terreno obtido com base em dados de altitudes do SRTM (USGS/NASA, 2007) observa-se que a área se encontra caracterizada por altos topográficos de aproximadamente 350 metros que podem ser correlacionados com a presença das rochas graníticas da borda oeste do complexo granítico de Caçapava do Sul.Os contatos geológicos entre a suíte granítica localizada ao leste da área e os arenitos da Formação Santa Bárbara localizados ao oeste são visivelmente reconhecidos por baixos topográficos da ordem de 200 metros. Conclusões: O trabalho mostrou resultados de interesse do ponto de vista geológico em uma etapa ainda preliminar da pesquisa na região onde se espera uma maior contribuição de novos dados de diferente natureza a serem futuramente acrescentados em uma plataforma de ambiente GIS. Demonstrou que uma metodologia de integração de dados geológicos conjuntamente com dados de modelo de elevação digital (DEM) pode ser eficiente para apoio e esclarecimento da cartografia geológica. Orgão de Fomento: UNIPAMPA

Palavras-chave


modelo de elevação digital, suíte granítica Caçapava do Sul, Formação Santa Bárbara

Apontamentos

  • Não há apontamentos.