Reação De Aldol Catalisada Por Ácidos Em LÍquidos Iônicos

Josiel Dimas Froehlich, Jackson D. Scholten, Aline S. Nectoux, Alexandre A. M. Lapis, Jairton Dupont

Resumo


Introdução: Reações de Aldol são umas das mais investigadas e importantes reações em síntese orgânica1. uma ferramenta fácil elegante para obtenção compostos -hidróxi-carbonílicos ou ,-insaturados pela formação de ligações carbono-carbono. Diferentes metodologias como catálise enzimática2, ácida, básica e, mais recentemente, organocatálise tem sido decritas3. Neste contexto, Líquidos Iônicos (LI) tem atraído a atenção como solventes para reações com intermediários iônicos pela sua habilidade em estabilizar os mesmos. Este efeito leva a formação de produtos em rendimento superiores aos descritos para solventes orgânicos. Neste trabalho foi avaliado o uso de LI em Reações de Aldol, em condições ácidas, e os resultados comparados com o uso de solventes orgânicos clássicos. Material Métodos: Materiais:-Schelenks-Agitador magnético -Pipetas-Agarradores-Rota evaporador-Cromatografo gasoso-HCl 37% em água-Diclorometano PA-Tolueno PA-Tetraidrofurano PA-Iso-propílico PA-Éter etílico-Butil-metil imidazólio tetrafluorborato-Butil-metil imidazólio hexafluorfosfato-Butil-metil imidazólio bis(trifluorometilsulfonil)imida-4-nitro benzaldeído-4-ciano benzaldeído-2,4-pentanodionaMetodo:Foram adicionados 1mmol da cetona, 1 mmol do aldeído, 2 mL do líquido iônico e 50 L de ácido cloridrico em um tubo schelenk. A mistura reacional foi mantida sob agitação por 24h. Após este período a fase orgânica foi extraída 3 vezes com éter etílico PA. O solvente foi evaporado em rota evaporador obtendo-se os respectivos produtos de aldol. Os produtos foram puirficados por cromatografia em coluna eluída com hexano e éter etílico e analisados por cromatografia gasosa com detector de massas. Resultados e Discussão: Inicialmente as reações de Aldol foram realizadas em solventes orgânicos clássicos, e posteriormente em LI imidazólicos, como solventes sob catálise ácida e mesmas condições experimentais (Esquema 1) com o propósito de comparação dos resultados. Estes estão expressos na Tabela 1.O uso de solventes orgânicos (Tabela 1, Entradas 1-4) levaram a formação dos produtos de aldol em baixos rendimentos. A troca do solvente para LI imidazólicos proporcionou um aumento considerável do rendimento da reação sob as mesmas condições com rendimentos bons (66%, Tabela 1, Entrada 9) a excelentes (95%, Tabela 1, Entrada 12).Tabela 1. Resultados da Reação de Aldol catalisadas por ácidos em LI e solventes orgânicos Conclusões: Os resultados obtidos para a reação de aldol em questão, claramente, indicam o pronunciado efeito do LI quando comparado com os resultados em solventes orgânicos. O LI provavelmente não só aumenta a acidez do meio, mas também deve estar estabilizando os intermediários iônicos através de agregados supramoleculares. Estudos mecanísticos estão em andamento. Orgão de Fomento: CNPq, CAPES e Petrobrás

Palavras-chave


Aldol, Líquidos Iônicos, Catálise

Apontamentos

  • Não há apontamentos.