AnÁlise Da Resistência Aeróbia E Sua Relação Com Imc Em Escolares Da Rede Pública Do MunicÍpio De Uruguaiana-rs.

Tiago Aquino Machado

Resumo


Introdução: Conhecendo as características de um grupo podemos construir atividades que contribuam para o melhor desenvolvimento de seus fatores, em especial ao Índice de Massa Corporal (IMC) e à Resistência Aeróbia. O IMC é um cálculo que considera a massa e a estatura do indivíduo, contribuindo para se observar quanto o baixo peso e a obesidade afetam a saúde da população (GARCIA et al, 2007). A resistência aeróbia é um fator que interfere diretamente nas atividades diárias, ressaltando-se que o aumento da idade contribui para a diminuição deste aspecto (TRUCCOLO et al, 2002). Material e Métodos: Esta pesquisa tem por objetivo investigar, descrever e comparar o comportamento da resistência aeróbia e do IMC escolares Rede Pública Uruguaiana-RS.Esta pesquisa possui caráter descritivo e de corte transversal. A amostra constituiu-se por 254 avaliados de 11 a 14 anos de idade, sendo 40,2% do sexo masculino e 59,8% do sexo feminino, escolares da Rede Pública em Uruguaiana-RS.Todos realizaram o Teste de Resistência Geral (9 minutos) e as medidas de massa e estatura propostos pelo Projeto Esporte Brasil (PROESP-BR). A análise comparativa dos resultados foi realizada através dos valores de referência da capacidade cardiorrespiratória do PROESP-BR e dos novos valores de referência do IMC apresentados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), ambos para os dois sexos.Os dados foram analisados pela freqüência absoluta e relativa. Utilizou-se o teste de Shapiro-Wilk para verificar a normalidade dos grupos. Na comparação entre as idades foi utilizada a análise de variância (ANOVA), com Post-Hoc através do teste de Scheffé. Para comparar os sexos, respeitando as idades, utilizou-se o teste t para amostras independentes. Foi adotado p

Palavras-chave


Resistência Aeróbia, Imc, Saúde

Apontamentos

  • Não há apontamentos.