Produção CientÍfica Das Condições De Vida Dos Idosos: Abordagem Da Saúde Pública, Enfermagem E Gerontologia

Darleni Rosa Tambara, Karina Silveira De Almeida Hammerschmidt, Danielli Gavião Mallmann, Josi Barreto Nunes, Jennifer Beheregaray Gomes Avila

Resumo


Introdução: Este trabalho faz parte do projeto de iniciação à pesquisa: Idosos residentes em Uruguaiana/RS: Avaliação multidimensional das condições de vida, momentaneamente será apresentado o primeiro objetivo específico deste que é identificar a produção científica da Saúde Pública, Enfermagem e Gerontologia acerca das condições de vida dos idosos, no período de 2000 a 2009. Em nosso país, a população idosa, corresponde em sua maioria, a uma classe social de baixo poder aquisitivo, desse modo percebe-se que a maioria da população idosa brasileira enfrenta dificuldades financeiras, o que pode interferir na sua condição de vida. Material e Métodos: Os padrões para realização da revisão integrativa incluem os seguintes passos: 1) formulação e identificação do problema de pesquisa; 2) coleta de dados; 3) avaliação dos dados; 4) análise e interpretação dos dados; 5) apresentação dos resultados. Para atender ao passo 1, tem-se, como problemática: quais as produções dos enfermeiros brasileiros acerca do perfil do idosos, bem como da avaliação multidimensional do idoso, no período de 2000 a 2009, acerca do passo 2, serão incluídas as publicações científicas brasileiras, indexadas na base de dados MEDLINE; LILACS ou BDENF e que apresentavam resumo disponível on-line. Para coleta de dados, relacionada à busca das publicações serão utilizados três delimitadores: 1) descritor primário: idoso e condições sociais; 2) descritor secundário: saúde do idoso; 3) ano de publicação: 2000 à 2009. Ao final da coleta de dados, serão selecionados os trabalhos que se adequarem aos objetivos do estudo, compondo o corpus de análise. Como critérios de inclusão têm-se publicações: em idioma português; que apresentem no resumo um (1) descritor primário e um (1) descritor secundário, utilizado como delimitador para coleta de dados e um autor com formação em enfermagem. Resultados e Discussão: O corpus de análise pautou-se de 15 publicações. Os dados analisados foram divididos por produções segundo áreas profissionais sendo elas: Enfermagem, Saúde Pública e Gerontologia. A primeira composta por dez (10) publicações; a segunda por quatro (4) e a última por uma (1) publicação. Foi realizada análise temática, por meio de categorização, as temáticas emergentes foram: 1) Condições Crônicas: os indivíduos convivem com o aumento das doenças crônico-degenerativas, que afetam suas condições e modo de viver. Essas mudanças que ocorrem na vida da pessoa, em face da doença crônica se justificam pelo fato de ser uma condição permanente de vida que possui períodos de exacerbações e remissões. 2) Cuidados formais e informais: na maioria das vezes, o cuidador informal é composto por um familiar, geralmente o cônjuge e é predominantemente do gênero feminino. Em alguns casos torna-se, necessário que os cuidados sejam realizados por cuidadores formais especializados, que dispõe de mais conhecimento para realizar os cuidados ao idoso dependente. 3) Políticas: a população que está envelhecendo necessita de políticas adequadas, pois tem crescente necessidade de assistência. As políticas voltadas para esses pacientes lhes propiciam a saúde durante toda a vida com promoção a saúde, prevenção de doenças, tecnologia de assistência e vários outros benefícios. Conclusões: Esta revisão integrativa trouxe a concepção de quão importante as pesquisas referentes à condição em que o idoso vive, de modo que propicia e facilita a criação de estratégias e políticas para melhorar as condições de vida da população. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Idoso, Saúde do idoso, Condições sociais

Apontamentos

  • Não há apontamentos.