Produção CientÍfica De Enfermeiros Brasileiros Sobre O Gerenciamento Do Cuidado GerontogeriÁtrico Em Nefrologia

Julia De Moura Quintana, Karina Silveira De Almeida Hammerschimidt, Josi Barreto Nunes, Darleni Rosa Tambara, Jennifer Beheregaray Gomes Avila

Resumo


Introdução: A doença renal crônica possui alta morbidade e mortalidade levando os indivíduos com esta patologia a realizar procedimentos de substituição da função renal, entre eles a hemodiálise que, é um procedimento quase exclusivamente desempenhado pela enfermagem, gerando a necessidade de aperfeiçoamento da assistência, atentando para o cliente em si e não somente para as atividades mecânico que o cerca. Em 2008, 89,4% dos pacientes em diálise crônica faziam tratamento por hemodiálise, sendo que 36,3 % possuíam idade igual ou superior a 60 anos. É necessário buscar meios que possibilitem ampliar o conhecimento acerca do gerenciamento do cuidado de enfermagem gerontogeriátrico em nefrologia, entendendo-o como ação complexa e envolvendo ações de cuidado, administrativas, educativas e de pesquisa a fim de compreender a complexidade da convivência com a doença renal crônica e a necessidade do tratamento. Prevê-se que em 2025 o Brasil será o sexto país do mundo em população idosa. Entretanto, não é suficiente saber que haja condições de se viver mais tempo. Material e Métodos: Para tanto esta pesquisa bibliográfica, do tipo revisão integrativa tem objetivo de identificar a produção científica de enfermeiros brasileiros acerca gerenciamento do cuidado de enfermagem ao idoso em diálise renal, no período de 2000 a 2009. Foram incluídas publicações brasileiras que apresentaram resumo disponível e indexadas na base de dados Literatura Internacional em Ciências da Saúde (MEDLINE), Literatura Latino Americana do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) ou Banco de Dados de Enfermagem (BEDENF). Para a coleta de dados foram utilizados como critérios de inclusão publicações: em língua portuguesa apresentando no resumo um (1) descritor primário ou um (1) secundário utilizado como delimitador para coleta dos dados e um autor brasileiro com formação em Enfermagem. Ao final da coleta foram selecionados 18 artigos para compor o corpus de análise sendo que destes, emergiram duas temáticas: qualidade de vida de indivíduos com insuficiência renal crônica e instrumentos do cuidado. Resultados e Discussão: A primeira versa sobre a avaliação da qualidade de vida como subsídio para a implementação de intervenções abrangentes que conduzam à adequação do tratamento e participação individual considerando esta avaliação como indicador da eficiência do tratamento. A segunda, versa sobre a necessidade de compreender a concepção do paciente em relação à doença, tratamento e os métodos de enfrentamento a fim de planejar a assistência considerando o cuidado em todas as suas dimensões. Para isso, a utilização de formas alternativas de cuidado como a música e atividades lúdicas aliadas ao conhecimento técnico-científico mostram-se eficientes no processo de cuidar de idosos em tratamento dialítico. Conclusões: No que diz respeito ao gerenciamento do cuidado de enfermagem gerontogeriátrico em nefrologia abrangendo ações de cuidado, administrativas, educativas e de pesquisa, foi possível observar que esta temática ainda encontra-se como lacuna na literatura levando à necessidade da realização de estudos que possam subsidiar a assistência ao idoso em hemodiálise. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


idoso, diálise renal, pesquisa em enfermagem, cuidados de enfermagem, educação em saúde

Apontamentos

  • Não há apontamentos.