Determinação De Associações De FÁrmacos Por Espectroscopia Raman Empregando MÉtodos De Regressão Pls

Cristiane Ziech, Fernanda Macke Hellwig, Yara Pires Dias, Eduardo Ceretta Moreira, Fabiana Ernestina Barcellos Da Silva

Resumo


Introdução: A espectroscopia Raman tem sido amplamente aplicada no estudo de sistemas biológicos. As vantagens dessa técnica incluem a exigência de amostras pequenas, sensibilidade mínima no tocante à interferência da água, o detalhamento espectral e a sensibilidade conformacional e ambiental. Na área químico-farmacêutica têm sido utilizada na análise não-destrutiva de produtos acabados nas formas sólida, liquida e gasosa pela rápida identificação das amostras.O uso da espectroscopia Raman associada a métodos de calibração multivariada pode ser aplicada na quantificação de fármacos durante o controle de qualidade do processo de produção de um medicamento, bem como, na quantificação de fármacos já inseridos em suas formas farmacêuticas.A técnica dos mínimos quadrados parciais (PLS) é considerada a principal técnica de regressão para dados multivariados, a qual utiliza as respostas analíticas (espectros), bem como as informações de interesse (concentração), para capturar a variância dos dados e correlacioná-los. O modelo de regressão PLS passou a dominar a prática de calibração multivariada por causa da qualidade dos modelos de calibração produzidos e da facilidade de implementação devido à disponibilidade de software PLS. Modelos de calibração por PLS podem ser desenvolvidos a partir de dados coletados através da espectroscopia Raman para a determinação simultânea de associações de fármacos em misturas de matérias-primas utilizadas para a fabricação de medicamentos. No PLS a calibração multivariada pode ser realizada utilizando a informação do espectro inteiro para construir um modelo de regressão, relacionado à propriedade de interesse, possibilitando a obtenção de informação útil em um complexo conjunto de dados. Deste modo, o objetivo deste trabalho é a determinação simultânea de associações de fármacos através do uso da espectroscopia Raman combinada com modelos de regressão PLS. Material e Métodos: O conjunto de dados espectrais foi obtido utilizando vinte e sete amostras sintéticas de associações dos fármacos sulfametoxazol trimetoprima diferentes concentrações, as quais foram subdivididas em conjunto de calibração e conjunto de previsão. Os espectros Raman foram adquiridos com espectrômetro Andor Shamrock SR- trezentos e três equipado com um sistema de detecção CCD (dispositivo de carga acoplada) refrigerado. A linha de quinhentos e trinta e dois nanômetros do laser de estado sólido foi utilizado para a excitação. Uma sonda Raman com uma distância focal foi utilizada para focalizar o laser sobre a superfície da amostra e recolher o sinal. As linhas espectrais medidos ter uma resolução de quatro centímetros. Resultados e Discussão: Os resultados mostraram que os modelos de regressão PLS combinados para espectroscopia Raman são procedimentos relativamente simples, rápidos e precisos que poderiam ser aplicados para a determinação simultânea de fármacos em controle de qualidade de misturas em pó. A exatidão foi verificada por comparação por CLAE (cromatografia líquida de alta eficiência). Conclusões: O emprego das técnicas de regressão PLS se mostrou promissor no desenvolvimento de metodologias mais simples, rápidas e não destrutivas para a determinação de fármacos em formulações farmacêuticas, sendo estas viáveis para o controle de qualidade da indústria farmacêutica. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Espectroscopia Raman, Pls

Apontamentos

  • Não há apontamentos.