Pesquisa Sobre A Produção Cientifica Do Gerenciamento Do Cuidado De Enfermagem Ao Idoso Em DiÁlise Renal: Uma Revisão Integrativa

Josi Barreto Nunes, Julia De Moura Quintana, Darleni Rosa Tambara, Danielli Gavião Mallmann, Karina Silveira De Almeida Hammerschmidt

Resumo


Introdução: A Sociedade Brasileira de Nefrologia (2007) estima-se que para 2010 o número de pessoas em diálise renal no Brasil seja de 125 mil. Segundo o Relatório do Censo Brasileiro de Diálise em março de 2008, 36,3 % dos pacientes atendidos na hemodialise possuíam 60 ou mais anos. A insuficiência renal crônica é a lesão renal com perda progressiva e irreversível da função dos rins. O enfermeiro deve compreender a complexidade que envolve a convivência do idoso com a insuficiência renal crônica e a necessidade de realizar tratamento dialítico, para atuar de forma significativa no cuidado de enfermagem gerontogeriátrico em nefrologia. Com esta pesquisa pretende-se identificar a produção científica sobre o gerenciamento do cuidado de enfermagem ao idoso em diálise renal, no período de 2000 a 2009. Material e Métodos: Foi realizada pesquisa bibliográfica do tipo revisão integrativa, seguindo os passos de Cooper (1984): 1) formulação e identificação do problema de pesquisa, 2) coleta de dados, 3) avaliação dos dados, 4) análise e interpretação dos dados e 5) apresentação dos resultados. Foram utilizadas as publicações científicas brasileiras, indexadas nas bases de dados MEDLINE, LILACS e BDENF, que apresentaram texto completo disponível online em língua portuguesa. Como descritor primário utilizou-se: idoso ou assistência ao paciente ou ensino ou organização e administração ou pesquisa, como descritor secundário teve-se: diálise renal e o ano de publicação: 2000 ou 2001 ou 2002 ou 2003 ou 2004 ou 2005 ou 2006 ou 2007 ou 2008 ou 2009. Resultados e Discussão: Com a coleta de dados emergiram 46 publicações sendo, 24 da base de dados LILACS, 15 da base de dados MEDLINE e 4 da base de dados BDENF, considerando que algumas foram idênticas houve exclusão, totalizando o corpus de análise em 30 escritos. Os anos de 2005 e 2007 prevaleceram quantitativamente nas publicações com a temática idoso e diálise renal, apresentando 8 publicações em cada ano, seguidos pelo ano de 2008 com 4 textos, salienta-se que os anos 2000, 2002 e 2009 não apresentaram publicação sobre esta temática. As publicações foram majoritariamente pesquisa (86,6%), quanto à formação dos autores, prevaleceram profissionais da medicina com 52 (42,2%) profissionais e enfermagem com 31 (25,2%). Como temática, emergiram: Pesquisa, Ensino, Assistência ao Paciente e Organização e Administração. Na temática Pesquisa apresentou-se a emergente necessidade de conhecer, compreender e analisar a qualidade de vida dos indivíduos com IRC. No ensino a contribuição envolveu orientação para melhor ajustamento de cada pessoa à sua condição crônica de saúde. Na assistência ao paciente evidenciou-se a utilização de instrumentos como normativas nos prontuários, para avaliar a qualidade de vida dos pacientes com IRC, com o intuito de utilizar os dados para melhorar o cuidado prestado. E na temática Organização e Administração apresentou-se a caracterização do perfil dos pacientes com IRC e a identificação dos riscos de co-morbidade e mortalidade dos indivíduos com IRC em hemodiálise, como forma de avaliar e melhorar o serviço. Conclusões: Conclui-se que é necessário buscar meios que possibilitem ampliar o conhecimento acerca do gerenciamento do cuidado de enfermagem gerontogeriátrico em nefrologia, entendendo-o como ação complexa que envolve as vertentes ações de: cuidado, administração, educação e pesquisa. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


idoso, diálise renal, assistência ao paciente, pesquisa, ensino

Apontamentos

  • Não há apontamentos.