Flora De Um Arroio Antropofizado No Municipio De São Gabriel/rs- Brasil

Juliana Ferreira Da Silva, Maurício Rodrigues Manfron, Natália Dozza Gerzson, Claudio Vinícius De Senna Gastal Jr.

Resumo


Introdução: As Macrófitas Aquáticas desempenham um papel extremamente importante no equilíbrio dos ecossistemas em que ocorrem, sendo capazes de estabelecer uma forte ligação entre o sistema aquático e o ambiente terrestre que o circunda. Segundo, Irgang & Gastal (1996) “macrófitas aquáticas são vegetais visíveis a olho nu, cujas partes fotossintetizantes ativas estão permanentemente, ou por diversos meses, todos os anos, total ou parcialmente submersas em água doce ou salobra, ou ainda flutuantes na mesma”. Elas estão presentes em todos os ecossistemas aquáticos, variando somente a composição entre si. Normalmente, as plantas aquáticas têm uma distribuição mais ampla do que a maioria das plantas terrestres, isto é decorrente da pequena variação sofrida pelos fatores do ambiente aquático, o que possibilita às macrófitas aquáticas uma ampla distribuição fitogeográfica, possibilitando o aparecimento de muitas espécies cosmopolitas.Um grande problema enfrentado nas cidades hoje é a falta de saneamento básico. Onde sua falta vem causando eutrofização de ambientes aquáticos. A eutrofização de lagos e reservatórios é seu enriquecimento com nutrientes para plantas, principalmente com acréscimo significativo de cargas de fósforo e nitrogênio, que entram como soluto e se transformam em partículas orgânicas ou inorgânicas (Esteves, 1998). Ela pode ou não ser benéfica. Quando ocorre artificialmente, ou seja, quando é induzido pelo homem; os nutrientes podem ter diversas origens, como: efluentes domésticos, efluentes industriais e agrícolas, remoção de florestas, entre outros.A eutrofização artificial é um processo no qual ocorrem mudanças qualitativas e quantitativas nas comunidades aquáticas, e dependendo das condições físicas e químicas do meio pode ser considerada uma poluição. Geralmente os despejos de esgoto domésticos e industriais e o carreamento de fertilizantes acelera o processo de enriquecimento das águas superficiais e subterrâneas. Material e Métodos: Este trabalho tem objetivo fornecer dados ecológicos das Macrófitas Aquáticas presentes na Sanga da Rivera, Diagnosticar a situação ambiental do local estudado e se necessário, fazer a elaboração de um projeto de recuperação e monitoramento da área. Alem do mais será feito o levantamento florístico nos trechos escolhidos, com o material coletado (sempre que possível, indivíduos férteis) fazer exsicatas para construção de um herbário para a universidade. Também será feito análises fitossociológicas da vegetação e físico-química da água, determinação de biomassa e conteúdo de fósforo das espécies mais abundantes, determinação de matéria orgânica, cloretos, alcalinidade, dureza da água e coliformes na água. Também procura se reconhecer as espécies que possam apresentar alguma importância econômica e ecológica. Este trabalho esta sendo realizado no corpo d’água denominado Sanga da Rivera que corta o município de São Gabriel no sentido sul para norte. As unidades amostrais foram distribuídas em quatro estações de forma aleatória, priorizando o melhor acesso. Serão feitas no mínimo mais quatro visitações a cada estação. Nestas foram identificadas as espécies escolhendo as que estivessem preferencialmente floridas e será medido parâmetros físico-químico das unidades. Resultados e Discussão: Até o momento nos quatro pontos não foram identificadas uma quantidade expressiva na diversidade de macrófitas aquáticas. Em algumas estações foi observado a abundância de algumas espécies isoladamente. Conclusões: Orgão de Fomento: PBDA/Unipampa

Palavras-chave


macrofitas aquaticas, arroio, antropofizado

Apontamentos

  • Não há apontamentos.