Aspectos Fitossociológicos Do Gênero Pouteria Aubl. (sapotaceae) Da Floresta Ribeirinha Do Arroio ImbaÁ, Sudoeste Do Pampa Brasileiro

Gustavo Maia Leão, Mariluci Souza Disconzi

Resumo


Introdução: O gênero Pouteria Aubl. pertencente a família Sapotaceae apresenta aproximadamente 188 espécies descritas para vários continentes e é constituído principalmente de árvores tropicais. Este gênero têm ampla importância no Brasil, produzindo frutos muito aproveitados como alimento pela avifauna e pelo homem, além de possuir reconhecido potencial farmacológico e industrial. No Rio Grande do Sul são registradas 3 espécies nativas, Pouteria beaurepairei (Glaz. & Raunk.) Baehni, Pouteria gardneriana (A. DC.) Radlk. e Pouteria salicifolia (Spreng.) Radlk. No Bioma Pampa, citam-se a presença de P. gardneriana e P. salicifolia, como componentes importantes da composição florística de florestas ribeirinhas que ocorrem em nossa região. O objetivo desta pesquisa foi identificar as espécies do gênero Pouteria que ocorrem na floresta ribeirinha do arroio Imbaá, localizado no município de Uruguaiana, Rio Grade do Sul, bem como descrever aspectos fitossociológicos das espécies encontradas. Material e Métodos: Foram demarcados 5 blocos de 30x30 m, sendo que cada um dos blocos foi divididos em 9 subunidades, totalizando 45 parcelas de 10x10 m. Em cada parcela, todos os indivíduos pertencentes ao gênero Pouteria, com perímetro à altura do peito (PAP) igual ou superior a 15 cm, foram amostrados e quantificados. Calculou-se o IVI (Índice Valor de Importância) para as espécies de Pouteria encontradas. O material reprodutivo e vegetativo foi coletado, herborizado, identificado no Laboratório de Botânica e depositado no Herbário URG da PUCRS – Campus Uruguaiana. A identificação foi realizada conforme as técnicas usuais utilizadas em taxonomia vegetal, além de chaves sistemáticas e bibliografias especializadas. Resultados e Discussão: Foram amostrados 273 indivíduos pertencentes ao gênero Pouteria, sendo que 226 indivíduos foram da espécie P. gardneriana e 47 indivíduos da espécie P. salicifolia. A espécie P. gardneriana apresentou o maior IVI com 77,7 por cento. P. gardneriana é uma espécie típica de ambientes ribeirinhos, apresentando adaptações morfológicas para resistir ao alagamento provocado pelos pulsos de inundação que ocorrem nas parcelas amostrais onde foi identificada sua presença. Conclusões: O estudo fitossociológico deste gênero é importante, pois no Rio Grande do Sul são raros os trabalhos sobre as populações de Pouteria encontradas em florestas ribeirinhas. Orgão de Fomento: BIC/BPA

Palavras-chave


Mata ciliar, Florística, Bioma Pampa

Apontamentos

  • Não há apontamentos.