Estudo Preliminar Da Sensibilidade Aos Efeitos Cronotrópicos Induzidos Pela Aminofilina Em Preparação Coração Semi-isolado De Leurolestes Circunvagans

Magali Elis Pesamosca, Thiago Carrazoni Freitas, Nerverton Vaz, Lucia Do Canto Vinadé, Cháriston André Dal Belo

Resumo


Introdução: A aminofilina é uma droga da classe das metilxantinas usada para o tratamento sintomático da asma brônquica em humanos. Apesar de sua ação relaxante sobre a musculatura lisa pulmonar, seus efeitos cardiovasculares foram pouco estudados. O principal objetivo deste trabalho foi avaliar a sensibilidade da preparação coração semi-isolado de Leurolestes circunvagans aos efeitos cronotrópicos induzidos pela aminofilina. Material e Métodos: Ampolas de aminofilina (24mg/ml) (Farmace Indústria Químico-Farmacêutica, Barbalha, CE, Brasil) foram adquiridas em drogarias. As soluções-teste foram preparadas imediatamente antes do inicio dos experimentos, em solução salina 0,9%. A atividade biológica da aminofilina foi observada em preparação coração semi-isolado de barata (CSIB) (Bauman e Gersch, 1982). As baratas (Leurolestes circunvagans) foram anestesiadas com éter etílico e imobilizadas por meio de alfinetes entomológicos. Após a remoção da cutícula abdominal com a ajuda de uma pinça, o coração foi exposto e banhado em solução salina 0.9% em temperatura ambiente. Após 5 min iniciais para estabilização da freqüência cardíaca, as diferentes concentrações de aminofilina foram adicionadas sobre o coração, em um volume final de 200 µl/animal. A freqüência cardíaca foi monitorada durante 30 min com a ajuda de microscópio esterioscópico. A análise estatística foi feita usando-se o método Anova por meio do software Origin 8 (OriginLab Co, Northampton, MA, USA). As diferenças foram consideradas significativas quando p

Palavras-chave


aminofilina, frequência cardíaca, baratas

Apontamentos

  • Não há apontamentos.