Disfunção Mitocondrial Induzida Por Diferentes Organocalcogênios

Claudia Vargas Klimaczewski, Nilda Berenice Vargas Barbosa, João Batista Teixeira Rocha, Robson L. Puntel

Resumo


Introdução: As mitocôndrias são organelas que desempenham um papel importante na regulação da apoptose. Compostos contendo selênio podem ser usados como quimioterápicos devido a sua habilidade em oxidar grupos tiólicos mitocondriais e gerar espécies reativas de oxigênio causando disfunção mitocondrial e conseqüentemente morte celular pela via apoptótica. Considerando a habilidade dos compostos orgânicos de selênio (disseleneto de difenila e ebselen) em oxidar grupos tiólicos, nosso trabalho teve por objetivo estudar o efeito desses organocalcogênios sobre parâmetros da atividade mitocondrial com o propósito de estabelecer uma possível relação entre esses organocalcogênios e a morte celular apoptótica via disfunção mitocondrial. Material e Métodos: Para tanto as mitocôndrias foram isoladas do fígado de ratos machos albinos pesando entre 200 e 250 g conforme bibliografia consultada (Brustovetsky and Dubinsky, J. Neurosci. 2000). O potencial de membrana foi monitorado pela fluorescência da Rodamina 123 utilizando um fluorímetro Shimadzu RF-5301. A medida do inchaço mitocondrial e oxidação dos nucleotídeos da adenina mitocondriais (NAD(P)H) foi monitorada fluorimetricamente conforme descrito previamente Resultados e Discussão: O ebselen (5 micro molar) e o disseleneto de difenila (20 micro molar) causaram uma rápida e praticamente completa despolarização mitocondrial. Além disso, tanto o ebselen (5 micro molar) quanto o disseleneto de difenila (20 micro molar) induziram um rápido inchaço mitocondrial, o qual foi acompanhado pela oxidação dos nucleotídeos da adenina (NAD(P)H) mitocondriais. O efeito desses organocalcogênios foi parcialmente prevenido pelo agente redutor DTT. Contudo, a disfunção mitocondrial induzida por esses organocalcogênios não foi alterada pelo ruthenium red (RR; 4 micro molar), vitamina E (1 mM), ou ciclosporina A (CsA; 1 micro molar). Tanto o ebselen quanto o disseleneto de difenila induziram a formação de agregados protéicos. Da mesma forma, o agente redutor DTT preveniu a formação desses agregados. Conclusões: Com base nos resultados obtidos, podemos inferir que os compostos estudados são capazes de induzir disfunção mitocondrial evidenciado pela despolarização mitocondrial, inchaço, oxidação do NAD(P)H e formação dos agregados protéicos. O efeito desses compostos parece estar relacionado com a habilidade dos mesmos em oxidar grupos tiólicos mitocondriais, uma vez que o agente redutor DTT previne parcialmente do efeito desses compostos. Além disso, o efeito dos organocalcogênios parece ser independente dos íon cálcio ou espécies reativas de oxigênio uma vez que o RR e vitamina E, respectivamente, foram incapazes de prevenir dos efeitos dos mesmos. A falta de efeito da ciclosporina é um indicativo que a abertura do poro de transição na permeabilidade mitocondrial induzida por esses compostos é insensível ciclosporina A. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Organocalcogênios, Disfunção mitocondrial, Potencial de membrana, Ebselen, Disseleneto de Difenila

Apontamentos

  • Não há apontamentos.