Levantamento E Identificação De Insetos-praga Em Arroz Armazenado Em Beneficiadora De Arroz No MunicÍpio De Itaqui, Fronteira Oeste Do Rio Grande Do Sul

Laudenir Juciê Basso, Tuane Araldi Da Silva, Marluci Chamorra Rodrigues, José Domingos Jacques Leão

Resumo


Introdução: O arroz é um cereal de grande importância devido ao seu valor econômico, e também pelas suas propriedades nutricionais. Brasil é um dos produtos agrícolas de maior importância, onde os estados do sul são os maiores produtores, sendo que o Rio Grande do Sul tem a maior produção, contribuindo com 45 % desta produção brasileira. Estima-se que cerca de 20% do volume total de grãos colhidos anualmente no Brasil são desperdiçados no processo de colheita, no transporte e no armazenamento, sendo que metade dessa perda é devido ao ataque de pragas durante esse último. No armazenamento, verificam-se perdas físicas, de massa e poder germinativo das sementes, assim como na qualidade dos grãos e subprodutos, pelo surgimento e disseminação de fungos e outros microrganismos. O objetivo deste trabalho é levantar e identificar a presença de insetos-praga, através da coleta de amostras, em unidades de armazenamento de arroz à granel. Material e Métodos: Este trabalho foi realizado no município de Itaqui na fronteira oeste do estado do Rio Grande do Sul. Foram obtidas seis amostras de 300g de arroz com casca/amostra, em quatro beneficiadoras de arroz denominadas para fins de pesquisa de beneficiadora A, B, C e D. Essas amostras foram armazenadas no laboratório de biologia desta instituição de pesquisa em recipientes plásticos cilíndricos de 500ml, com tampa perfurada, permitindo as trocas gasosas. A primeira contagem foi realizada no ato da coleta das amostras e as demais três contagens 45, 90 e 135 dias após a primeira contagem. Resultados e Discussão: Após feito o trabalho de coleta, contagem e identificação das amostras, constatou-se a presença das espécies: Gorgulho (Sitophilus oryzae) (6,23%) do total, Besouro-dos-cereais (Rhyzopertha Dominica) (55,44%), Stephens (Cryptolestes ferrugineus) (2,10%), Traça do Arroz (Corcyra cephalonica) (34,99%) e outros (1,24%). Na beneficiadora de arroz D foi encontrada a maior quantidade de insetos com 53,33%, sendo Rhyzopertha Dominica representado em 84,17% do total. Na beneficiadora de arroz B com 44,89% do total de insetos, e o Corcyra cephalonica representou 65,25% do total. As demais beneficiadoras de arroz juntas (A e C), somaram 1,78% dos insetos, sendo uma quantidade insignificante comparada às outras beneficiadoras de arroz. O insetos mais encontrados nas amostras foram o Besouro-dos-cereais (55,44%), o qual foi encontrado em todas as beneficiadoras analisadas e a Traça-do-Arroz (34,99%), encontrada apenas nas beneficiadoras B e D. O Besouro- dos-cereais representou 1,25% dos insetos coletados na beneficiadora de arroz A, 68,15% da beneficiadora B, 2,31% da beneficiadora C, e 29,79% da beneficiadora D. Já a traça do Arroz representou 34,99% do total e foi encontrada na porcentagens de 99,47% na beneficiadora D, 0,53% na beneficiadora A. Conclusões: O principal inseto-praga de grãos armazenados foi o Rhyzopertha Dominica representando 55,44% do total, presente em todas as beneficiadoras de arroz analisadas. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Pragas do arroz, Armazenamento, Arroz, Inseto-praga do arroz

Apontamentos

  • Não há apontamentos.