Perfil Do Consumidor De Carne Bovina Na Região De Dom Pedrito

Stênio Lessa Dos Santos, Mylene Müller, Valdir Trindade Filipini, Auriane Garcia Ança, Diego Costa De Souza

Resumo


Introdução: O município de Dom Pedrito/ RS e Região são caracterizados pela cultura do arroz e pela produção de bovinos de corte, evidenciando o aspecto cultural em relação à carne bovina. Todavia, em função de alguns aspectos negativos, como as constantes oscilações no preço da carne bovina, e a oferta de outras carnes com menor preço, associada com os mitos que envolvem a carne bovina, especialmente em relação à correlação equivocada com doenças cardiovasculares, obesidade e outras, fatores como condição social, escolaridade podem influenciar na hora da compra. A identificação do perfil servirá como elementos norteadores para estabelecer planos de ação nas áreas de pesquisa e extensão, além principalmente da inserção regional dos discentes e docentes do curso de Zootecnia da Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA. Desta forma, o objetivo desse trabalho foi estudar o perfil do consumidor de carne de carne bovina, no município de Dom Pedrito/ RS e Região. Material e Métodos: Foi elaborado um questionário e aplicado nas duas maiores redes de supermercados da cidade. Os dados foram coletados através de um estudo exploratório, sendo a amostra composta por 80 entrevistados. Dentre os entrevistados, escolhidos aleatoriamente, o perfil do consumidor foi dividido em cinco itens, visando a melhor caracterização - sexo, idade, estado civil, renda mensal e grau de escolaridade - dos entrevistados. Resultados e Discussão: Em relação ao sexo, foram entrevistados 53,8% de mulheres e 46,3% de homens. Destes, 37,5% com idade acima dos 40 anos, 31,3% entre 25 e 30 anos; 17,5% entre 35 e 40 anos e 13,8% entre 18 e 21 anos. Em relação ao estado civil, 48,8% de casados, 46,3% de solteiros, e 2,5% de viúvos. Para a renda mensal 37,5% ganhavam até dois salários mínimos, 22,5% até dois salários, 21,3% até quatro salários e 17,5% ganhavam cinco ou mais salários. Já para o grau de escolaridade, os resultados foram: 30% com o ensino médio completo, 25% com ensino superior completo, 16,3% com ensino superior incompleto, 12,5% com ensino médio incompleto, 10% com ensino fundamental completo e somente 6,3% com o ensino fundamental incompleto. Conclusões: Constatou-se que os entrevistados com renda mensal até dois salários mínimos foram a maior parcela consumidora, evidenciando a preferência pela carne bovina. Além desse aspecto, as pessoas entrevistadas apresentaram um bom nível de escolaridade, sugerindo a preferência desse consumidor em estabelecimentos como os supermercados. Dessa forma, com base nesses dados faz-se necessário a realização de entrevistas futuras em demais estabelecimentos comerciais de pequeno e médio porte, como açougues e mercearias autorizadas para a venda de carnes, visando o aprimoramento no perfil do consumidor de carne bovina em Dom Pedrito e Região. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


carne bovina, perfil consumidor, consumo, mercado consumidor, Dom Pedrito

Apontamentos

  • Não há apontamentos.