Avaliação Da Preferência Alimentar Do Sitophilus Zeamais Mots, 1855 Em Diferentes Cultivares De Trigo

Andréia Lopes Mesquita, Marluci Chamorra Rodrigues, Leilane Silveira D'ávila, Keila Regina Hossa, Fernando Felisberto Da Silva

Resumo


Introdução: O Rio Grande do Sul é o segundo maior produtor de trigo do Brasil. O ataque de pragas no armazenamento da cultura resulta em perdas quanti-qualitativas de grãos e acarreta dificuldades de comercializar o produto. O armazenamento de grãos é uma etapa de fundamental importância na cadeia produtiva agrícola. Deve-se levar em consideração, portanto, os problemas enfrentados nesta cadeia, e um dos maiores é a incidência de pragas de grãos armazenados. Entre eles o Sitophilus zeamais (gorgulho do milho), responsável por perdas consideráveis em diferentes espécies de grãos armazenados.O gorgulho do milho (Sitophilus zeamais) é considerado um inseto primário que ataca indistintamente milho, arroz, trigo, sorgo, centeio, cevada, aveia e outros cereais e produtos, causando anualmente enormes prejuízos. Sendo estes prejuízos em torno de 10%, por safra no Brasil.Este trabalho teve por objetivo a avaliação da preferência alimentar desta espécie em diferentes cultivares de trigo, utilizando métodos com chance de escolha alimentar. Material e Métodos: As amostras de sementes, bem como os insetos, foram coletadas no Laboratório de Análise de Sementes da Coopatrigo – Cooperativa Tritícola Regional Sãoluizense Ltda de São Luiz Gonzaga, RS.O experimento foi desenvolvido no laboratório de Biologia da UNIPAMPA – Universidade Federal do Pampa, Campus Itaqui, com temperatura controlada em 20°C e UR 60%. Foram utilizadas 1000 sementes de cada uma das seguintes cultivares: Amostra 1Cultivar Pampeano, Amostra 2- Cultivar Nova Era, Amostra 3- Cultivar Fundacep Cristalino, Amostra 4- Cultivar Fundacep 52, Amostra 5- Cultivar Fundacep Raízes e Amostra 6 - Cultivar Fundacep 50.O experimento foi realizado no período de 15/04/2009 a 03/05/2009, sendo utilizados 66 insetos na fase adulta, com chance de escolha alimentar para avaliar a preferência dos insetos. As amostras foram colocadas em placas de Petry cilíndricas e distribuídas em uma bandeja, onde posteriormente foram colocados os insetos dentro do vidro relógio, que ficou posicionado no meio das amostras. Foram realizadas quatro avaliações nos dias 17/04/2009, 22/04/2009, 27/04/2009 e 03/05/2009 respectivamente. Resultados e Discussão: Verificou-se que houve um efeito atrativo da maioria dos materiais analisados. Contudo, ocorreram diferenças significativas nos percentuais de insetos encontrados em cada material.Observou-se que a quantidade de insetos presentes na Cultivar Nova Era (48,15%), foi significativamente maior do que os percentuais encontrados nas outras amostras avaliadas: cultivares Pampeano com 18,52 %; Fundacep 52 com 18,52%; Fundacep raízes com 14,81%. As amostras Fundacep Cristalino e Fundacep 50 não obtiveram atratividade.Para efeito de confirmação, foi realizado teste utilizando as mesmas cultivares, através do método sem chance de escolha alimentar, tendo como resultado a cultivar Nova Era com o maior percentual de insetos presentes (24,56 %) e a cultivar Fundacep 50 com o menor percentual (7,0 %).Provavelmente possa haver fatores de resistência, como substâncias químicas características físicas do grão, atuando de forma a inibir ou atrair os insetos. Conclusões: O Sitophilus zeamais apresentou maior preferência alimentar pela cultivar Nova Era, dentre todas as cultivares analisadas e as cultivares Fundacep Cristalino e Fundacep 50 provavelmente apresentam resistência tipo antixenose. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


gorgulho do milho, grãos armazenados, alimento

Apontamentos

  • Não há apontamentos.