Prevalência De Cisticercose Em Bovinos Abatidos Em Dois Estabelecimentos Sob Inspeção Municipal De Alegrete – Rio Grande Do Sul No PerÍodo De 2004 A 2007

Paulo Garcez Leães, Cristiane Ayala De Oliveira, Claci Eli Temp, Marcia Yukiko Arima Perri Coelho, Paula Cristina Martins Pereira

Resumo


Introdução: A cisticercose é um estágio intermediário do ciclo evolutivo da Taenia solium e Taenia saginata e ambas têm o homem como hospedeiro definitivo. Nos bovinos o estágio de cisticerco tem como agente o Cysticercus bovis, e afeta de maneira irreversível os pecuaristas, pois quando detectada, no abate, acarreta prejuízos, em virtude da condenação parcial ou total das carcaças e órgãos parasitados e da depreciação do valor da carne por ser destinada para salga, conserva ou congelamento. (MAIO, 2006). Diante desse contexto, a realização deste estudo teve como objetivo avaliar a prevalência da cisticercose em carcaças de bovinos abatidos no município de Alegrete, sob fiscalização do serviço de inspeção municipal. Material e Métodos: Para a realização deste trabalho, empregaram-se dados referentes ao abate de 18.715 bovinos machos e fêmeas abatidos nos Matadouros Frigoríficos São Jorge (A) e Coqueiros (B) localizados no município de Alegrete – Rio Grande do Sul, entre janeiro de 2004 e dezembro de 2007, foi computado o total de ocorrência de cistos, sem especificar a sua localização. A contagem no matadouro foi feita da seguinte forma: carcaça, cabeça, língua, coração, diafragma e esôfago, estes são os chamados "sítios de predileção". Resultados e Discussão: Considerando os dados, a média total foi de 0,31% de ocorrências de cisticercose, destes 0,19% estavam mineralizados e 0,12% vivas. No período de 2004 a 2007 a média de animais abatidos foi de 4.679, portanto a enfermidade ainda não está controlada em nosso município, podendo ocorrer uma variação nos índices de prevalência, dependendo da origem dos animais abatidos em cada frigorífico, bem como a época o ano. Conclusões: A ocorrência de cisticercose pode ser interpretada como duplo indicador: da situação sanitária deste tipo de exploração e da ocorrência de cisticercose humana, pois os animais se infectam com ovos de Taenia sp., originários de fezes do homem, seu hospedeiro definitivo. O Serviço de Inspeção Municipal funciona não somente como um órgão de inspeção, mas também como um centro detentor de dados, sobre patologias de grande importância na Saúde Pública, sua contribuição epidemiológica é fundamental. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


abate, taenia, orgãos, bovinos, prevalência

Apontamentos

  • Não há apontamentos.