O Geoprocessamento Como Ferramenta De Planejamento Na Propriedade Rural.

Cleide Jacqueline Besognin Jacques, Cleber Maus Alberto, Ottmar Escobar De Almeida, Laudenir Jucie Basso, Robson Giacomelli

Resumo


Introdução: O geoprocessamento é definido como um conjunto de técnicas matemáticas e computacionais, cujo intuito é o tratamento de informações sobre pontos geográficos identificados, a utilização do geoprocessamento como ferramenta cresce gradativamente, conduzindo a novos procedimentos nas áreas de cartografia, análise e planejamento de áreas e recursos naturais. Esta ferramenta pode ser usada no planejamento urbano, ambiental, agrícola entre outros. No planejamento agrícola utiliza-se o geoprocessamento na agricultura de precisão, porém a possibilidade de uso deste vai muito além desta. O objetivo deste trabalho é mostrar a utilização de algumas técnicas de geoprocessamento como o levantamento planimétrico, processamento de pontos e o uso de imagens de satélite para obtenção de um melhor planejamento das propriedades rurais. Isto visa um melhor aproveitamento das áreas e adequação destas a legislação ambiental brasileira, como a delimitação de áreas de preservação permanente e reservas legais (Lei nº 4771/65 – Código Florestal Brasileiro). Material e Métodos: Este trabalho foi realizado numa propriedade localizada no município de Maçambará, RS, na longitude de 56°06’18” W e latitude de 29°16’38”S, com uma área total de aproximadamente 3000 ha, sendo a área utilizável 2380,52 ha tendo como cultura principal o arroz. Para a determinação das áreas foram coletados dados planimétricos a campo com equipamentos de alta precisão (GPS L1/L2 – South v8® e GPS L1 Promark 2®). Os dados coletados foram processados pelo software Topcon Tools®, e após vetorizados no software Topograph® e graficados em softwares de desenho. Foi utilizada a sobreposição do desenho em imagens obtidas no software Google Earth®, onde foi possível a visualização de toda a propriedade. Resultados e Discussão: Após a confecção do mapa foi possível estabelecer áreas de preservação permanente e sua adequação a legislação brasileira, delimitando a mesma. Com as imagens e delimitações foi possível efetuar um planejamento prévio (culturas e custos) das áreas utilizáveis da propriedade para cultivo. Conclusões: Assim, esta ferramenta pode ser utilizada para o planejamento da propriedade de forma simples e eficaz estabelecendo os limites de utilização produtiva e a conservação de áreas de preservação ambiental, respeitando a biodiversidade local e a locação de áreas produtivas na propriedade rural. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


legislação ambiental, Gps, Satélite

Apontamentos

  • Não há apontamentos.