TÉcnicas De Coloração Para Exames Histopatológicos De EndomÉtrio EqÜino

Joici Cassiani Lagemann, Daniela Brum, Adriana Lucke Stigger, Fabrício Desconzi Mozzaquatro, Antônio Carlos Guimarães

Resumo


Introdução: A endometrite tem sido apontada como a principal causa de subfertilidade e infertilidade em éguas, reduzindo as chances de reprodutoras gerarem potros anualmente e produzindo uma significativa perda econômica. O acompanhamento dos animais com histórico de endometrite associado a exames complementares são essências para obtenção de bons índices de concepção. O exame histopatológico é um importante instrumento para identificar o grau de comprometimento endometrial e a probabilidade destas fêmeas virem a conceber durante a temporada de monta. Com o objetivo de testar diferentes métodos de coloração para o exame histopatológico do endométrio de éguas, biópsias de sete éguas sexualmente maduras da raça Crioula, em estro e diestro foram utilizadas neste estudo. Material e Métodos: As amostras foram fixadas em Bouin por no mínimo 24h e posteriormente os fragmentos foram submetidos ao clareamento em xilol, impregnação com parafina fundida, inclusão em molde retangular contendo parafina fundida. Os blocos contendo as amostras foram levados ao micrótomo e seccionados seriadamente à espessura de 7μm, sendo a seguir coradas pelos métodos Hematoxilina-Eosina (HE) e Tricrômico de Goldner. Resultados e Discussão: As análises morfológicas das 7 biópsias demonstraram que, as células inflamatórias, o epitélio de revestimento uterino e o epitélio das glândulas endometriais apresentam melhor definição quando utilizado o método de coloração por HE. Pode se verificar que a coloração Tricrômico de Goldner facilitou a identificação de ninhos e focos de fibrose, permitindo uma melhor visualização do grau de comprometimento do parênquima endometrial. Conclusões: De acordo com os resultados obtidos pode-se constatar que a coloração HE é eficiente para estudos de biópsias uterinas e que quando aliada a coloração Tricromicro de Goldner permiti um estudo histopatológico mais acurado do endométrio eqüino ao microscópio de luz. Orgão de Fomento: Bolsista PBDA Unipampa

Palavras-chave


Métodos Hematoxilina-eosina, Método Tricrômico de Goldner, Exame histopatológico

Apontamentos

  • Não há apontamentos.