Perdas De Fósforo Por Escoamento Superficial Em Campo Antropizado Com Aplicação De ResÍduos De Abatedouro De Animais

Cássio Strassburger De Oliveira, Juliano Do Prado Rodrigues, Eduardo Abib, Carlos Alberto Bissani, Frederico Costa Beber Vieira

Resumo


Introdução: A falta de um destino apropriado para os resíduos gerados através do abate de animais tornou-se uma questão econômica e ambiental devido ao grande volume de resíduos gerados e seu respectivo potencial poluidor de água e solos. Por outro lado, se adequadamente utilizados, tais resíduos apresentam excelente potencial fertilizante. Este trabalho busca elucidar tais questões através da avaliação da capacidade fertilizante desses resíduos na produção vegetal e seu respectivo impacto ambiental através das perdas de fósforo (P) na solução escoada superficialmente pela ocorrência de precipitação. Material e Métodos: O experimento foi estabelecido no município de São Gabriel, RS, em área sob campo antropizado, de propriedade do frigorífico Vanhove. O delineamento experimental é o de blocos ao acaso, com quatro repetições e quatro tratamentos: 0, 20, 40 e 60 m³/ha de resíduo, aplicado mensalmente sobre a superfície do solo. O resíduo a ser aplicado é um biofertilizante líquido constituído de resíduos de sangue e solução oriunda de lagoa de tratamento de efluentes do mesmo frigorífico. Em cada parcela, de tamanho 2x2m, foi instalada uma calha coletora de 50x75 cm, ao nível do solo, conectada a um recipiente para armazenagem da solução escoada. Após cada precipitação que gere escoamento superficial, o volume escoado é quantificado e a solução é coletada e analisada quanto aos teores de P pelo método de Murphy & Rilley (1977). Bimestralmente, há a avaliação da produção de matéria seca da forragem. O resíduo aplicado e a forragem são avaliados quanto à concentração de P segundo Tedesco et al. (1995). Os resultados serão submetidos à análise de variância e, quando houver diferença significativa, as médias serão separadas pelo teste de Tukey (5%). Resultados e Discussão: Resultados preliminares indicam que não há diferença entre volume escoado superficialmente nas diferentes doses de resíduos aplicados. Por se tratar de um solo compactado, com pastagem degradada, o volume escoado por evento precipitação elevado.Embora a quantidade total de P transferida pela solução escoada seja relativamente pequena (até 10 kg/ha), os resultados preliminares sugerem que a concentração de P na solução escoada pode ultrapassar os limites críticos para causar eutrofização de cursos de água (0,01 mg/L de P disponível) até mesmo na dose mais baixa de resíduo a ser aplicada (20 m3/ha). Tais concentrações tendem a diminuir à medida que aumenta o período entre a aplicação dos resíduos e o evento de precipitação. Conclusões: Como o experimento começou há pouco tempo, os resultados ainda não permitem tecer de forma consistente as conclusões. Estas serão apresentadas e discutidas no momento do evento. No entanto, pode-se inferir que: 1. A quantidade total de P perdido por escoamento é baixa, mas as concentrações atingem valores superiores ao limite para causar eutrofização de cursos de água.2. A concentração de P na solução escoada é menor quanto maior for o intervalo entre a aplicação do resíduo e o evento de escoamento. Orgão de Fomento: FAPERGS

Palavras-chave


Resíduos de Abatedouro, Fósforo, Escoamento Superficial, Campo Antropizado

Apontamentos

  • Não há apontamentos.