Previsão De Demanda De Viagens De Uma Universidade Multicampi

Guilherme Marcon Frick, Aline Soares Pereira, Cláudio Sonáglio Albano, Marcelo Xavier Guterres, Rafael Lipinski Paes

Resumo


Introdução: A universidade federal do pampa é uma instituição multicampi, com unidades acadêmicas em dez municípios do Rio Grande do Sul. Por ser uma instituição nova (inicio do processo de implementação em 2006) e ainda estar em estruturação, apresenta algumas dificuldades. Em ciência disto a reitora da mesma instituição constituiu uma comissão especial de frota e logística com o objetivo de avaliar o tamanho e alocação atual da frota da unipampa, bem como realizar o diagnóstico da coordenadoria de infra-estrutura – setor de frota e logística e da coordenadoria de material e patrimônio. Neste artigo apresentaremos os estudos sobre um dos objetivos, que foi o de elaborar um modelo de previsão de demanda de viagens, para futuramente elaborar estratégias a médio e longo prazo a fim de aprimorar o processo de planejamento da capacidade logística. Material e Métodos: Foi utilizado como método de pesquisa o diagnóstico organizacional, no qual é possível detectar e analisar problemas e falhas, as quais impedem que os objetivos traçados pelos gestores sejam alcançados. A partir do diagnóstico organizacional, podem ser elaboradas programas que objetivam eliminar dificuldades presentes nas áreas distintas da organização, otimizando assim, todos os procedimentos de trabalho. O primeiro passo foi o de juntar as informações de viagens de todos os campi, estas informações estavam em planilhas que foram digitalizadas. Após isso, a tarefa foi de escolher e calibrar um modelo de previsão de demanda de viagens, o modelo ideal seria o modelo gravitacional, que é uma analogia ao modelo gravitacional de Newton, ele foi extensivamente aplicado a analises de interação espacial e fornecidas como principal veículo para o fenômeno de modelagem das migrações interurbanas e atividades locais de varejo na Europa do século XVII. Resultados e Discussão: Porém, não conseguimos calibrar este modelo devido a uma série histórica pequena (possuíamos uma série de seis meses), e também por não ter absoluta confiabilidade nas informações que nos foram entregues, já que as planilhas não eram padronizadas e estavam faltando algumas informações relevantes. Devido a isso, aplicou-se o método de regressão linear, onde a variável “empenhos” foi a que nos deu melhor precisão, com os resultados deste método pudemos sugerir uma realocação da atual frota de veículos da universidade, mas não uma previsão a médio e longo prazo de previsão de viagens. Conclusões: Visando o problema de uma não previsão a médio e longo prazo, foi elaborada uma nova planilha de controle para os veículos, com esta planilha padronizada e uma série histórica considerável, poderemos calibrar o modelo gravitacional e assim, ter um modelo de previsão de demanda com uma boa precisão e a universidade obterá ganhos na otimização e na alocação dos recursos públicos, podendo precaver-se com antecedência caso haja uma necessidades de mudança, além de transparência e prestação de contas. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Planejamento de transporte, Logística, Engenharia de Produção

Apontamentos

  • Não há apontamentos.