Construção De Unidade De Disparo Com Tempo Controlado Para Experimentos SÍsmicos

Celso Bairros Varella Neto, Fábio André Perosi

Resumo


Introdução: A presente proposta de projeto de inovação tecnológica está inserida nos estudos geofísicos e tectônicos na Província Borborema e Cráton do São Francisco, Nordeste do Brasil desenvolvidos pelo Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Estudos Tectônicos, sediado na Universidade de Brasília, que irá utilizar ferramentas geofísicas (métodos sísmicos e sismológicos modernos, gravimétrico, magnetotelúrico) e geológicas, para estudar a estrutura da crosta e da litosfera sob essa província. Fazem parte do Projeto da Província Borborema os experimentos de Refração Sísmica Profunda (RSP) que permitem obter modelos bidimensionais dessa estrutura. O objetivo deste projeto é projetar e desenvolver caixas de tiro com tempo controlado para serem utilizadas nos levantamentos sísmicos do Projeto Borborema e também de futuros levantamentos que possam ser executados com o conjunto de equipamentos do Grupo de Estudos Tectônicos da Petrobrás. Assim, este equipamento poderá ser disponibilizado para todas as instituições que desejarem realizar experimentos de sísmica onde o controle do tempo da hora de origem é imprescindível para a boa qualidade da análise, do processamento e da interpretação dos dados sísmicos. Material e Métodos: O método de refração sísmica (Sheriff & Geldart, 1982) se baseia na propagação das ondas elásticas através das camadas do interior da Terra, onde elas são refratadas ou refletidas nas descontinuidades encontradas, seguindo os princípios de Huygens e de Fermat, assim como a lei de Snell, que permitem a reconstrução das trajetórias dos raios sísmicos, desde a fonte até os locais de registro. Observa-se que a localização dos pontos e a determinação da hora de origem são parâmetros imprescindíveis para a boa qualidade dos dados e, por conseguinte, um bom modelo interpretativo. Assim, a construção de uma unidade de disparo que adequada a estas necessidades é muito importante para otimizar a execução destes projetos. O equipamento é constituído de um micro controlador, um módulo de interface LCD, uma unidade GPS com um RTC (real time clock), um circuito de comunicação serial/usb e uma fonte de alimentação dimensionada para o equipamento. Resultados e Discussão: Até o presente momento já foram confeccionados em protoboard, o sistema de alimentação através de reguladores de tensão dimensionados para o circuito de controle, também já foram inseridos na placa o microcontrolador com um sistema de interrupção externa através de um cristal ressonante de quartzo (32.768 Khz) responsável pelo funcionamento interno do relógio de controle. Encontra-se na fase de fabricação a placa suporte para o módulo GPS, que é responsável por passar as informações referentes à localização da caixa de disparo, como o horário UTC (universal time clock) disponibilizados pelos relógios atômicos presentes nos satélites. Conclusões: Pode-se ressaltar duas características importantes nesta pesquisa: a primeira, é a criação e desenvolvimento de um equipamento que não existe no país totalmente realizado nesta universidade; a segunda, é a inserção da Unipampa em um projeto coordenado pelo INCT de Estudos Tectônicos, que conta com "pool" de equipamentos das Redes de Temáticas de Estudos Tectônicos e Geofísicos, financiadas pela Petrobrás, cujo o produto final poderá esse "pool" e auxiliar a comunidade científica nas pesquisas com métodos sísmicos, principalmente os de Refração Sísmica Profunda. Orgão de Fomento: CNPq e UNIPAMPA

Palavras-chave


Método Sísmico, Unidade de Disparo, Controle de Tempo com Gps, Projeto Borborema, Estrutura Custral

Apontamentos

  • Não há apontamentos.