Curso De Aprimoramento Em Instalações ElÉtricas Prediais

Cassiano Montagner Freo, Douglas De Oliveira Adolpho, José Gonçalves D'arays Filho, Leonardo Peres Lima, Adriana Scheffer Quintela Ferreira

Resumo


Introdução: O curso de aprimoramento em Instalações Elétricas Prediais é oferecido pela UNIPAMPA-Campus Alegrete através de um projeto de extensão. Os alunos são trabalhadores da sociedade na área de eletricidade que estão atualizando os conceitos e aprimorando as técnicas empregadas baseadas nas normas vigentes em instalações elétricas prediais. O curso com 25 vagas é gratuito e terá duração total de 92 horas, e o conteúdo abrange eletricidade básica, instalações elétricas prediais, projetos elétricos, comunicação, informática e matemática. As aulas iniciaram em 17/08/09 e irão até 11/12/09. Os instrutores do curso são os alunos de graduação, orientados pelos docentes, que têm a possibilidade de obter experiência acadêmica e fazer intercâmbio entre os conhecimentos adquiridos na universidade e os adquiridos pela aproximação com a prática profissional desses trabalhadores. Material e Métodos: As aulas são expositivas e dialogadas com ênfase na compreensão e visualização dos conceitos, bem como na construção e interpretação de resultados. Softwares específicos são utilizados nas aulas de informática. Aulas no laboratório de eletrotécnica oportunizam os alunos realizarem montagens para analisar circuitos elétricos e manusear instrumentos de medição das grandezas elétricas e equipamentos de proteção. As aulas práticas são realizadas através de roteiros, onde os experimentos são descritos detalhadamente e as medidas e análises são preenchidas pelos alunos. Análises de projetos estão possibilitando familiarização com as plantas elétricas e análises de erros que não devem ser cometidos. Os alunos também estão realizando projetos desde o início para entendimento de todas as etapas. Resultados e Discussão: O curso vem sendo desenvolvido no período noturno durante dois dias da semana, quando são repassados os conteúdos específicos e em sábados alternados a tarde quando ocorrem as aulas de matemática, informática e comunicação. A frequência nas aulas é controlada, sendo necessário 75% de presença para aprovação. As atividades realizadas estão sendo avaliadas e retornadas aos alunos, sendo necessário para a aprovação, média superior ou igual a 6,0. A média da turma nas atividades realizadas até o momento é de 7,1 pontos. Após um mês de curso foi registrado 50% de evasão dos alunos. A média de idade dos alunos é de 30 anos, por trabalharem durante o dia, já era esperado a evasão. Entretanto, os motivos foram pesquisados: destaca-se a dificuldade em relação à matemática necessária para a aprendizagem dos conceitos do conteúdo específico e o fato de alguns alunos terem mais experiência em construção civil. Assim, para evitar outras evasões foram tomadas algumas medidas corretivas. Aulas de reforço foram incluídas para os alunos que desejam sanar tais dificuldades, utilizando problemas matemáticos relacionados com o conteúdo específico. Apesar dos alunos já trabalharem com eletricidade, muitos ficam motivados com as aulas práticas que possibilitam o acesso a equipamentos atualizados. Ademais, muitas dúvidas práticas são esclarecidas. Conclusões: Os instrutores estão sentindo os benefícios da interação universidade e sociedade. O aprimoramento dos profissionais do setor elétrico permite que eles adquiram atualizações dos conhecimentos para realizar as atividades nas instalações elétricas conforme as normas vigentes para baixa tensão, visando garantir a segurança de todos, o funcionamento adequado da instalação e a conservação dos bens. Orgão de Fomento: PBDA 2009 - UNIPAMPA

Palavras-chave


aprimoramento, instalações elétricas prediais, normas, projetos, segurança

Apontamentos

  • Não há apontamentos.