Grupo De Gestantes: Relato De Experiência

Camila Lara Ibarra, Maiana Pinheiro Dos Santos, Vilma Constancia Fioravante Dos Santos, Betina Loitzenbauer Da Rocha Moreira, Elaine Rita Camponogara

Resumo


Introdução: Este estudo trata do relato de uma atividade desenvolvida com gestantes na Secretaria de Saúde e Meio Ambiente (SESMA) em Uruguaiana. Esta atividade foi desenvolvida em parceria entre a Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) e o Setor Saúde da Mulher (SESMA), com a participação de acadêmicos do Curso de Enfermagem, duas bolsistas, uma de extensão e uma de pesquisa, e uma docente da UNIPAMPA e uma enfermeira do Setor Saúde da Mulher. A atividade proposta foi oferecer às gestantes que consultavam no Setor Saúde da Mulher um único encontro, onde seriam abordados os temas parto e amamentação, com duração de 3 horas, no turno da tarde (14-17h). Esta atividade recebeu o nome de Grupo de Gestantes e foi divulgada mediante cartazes, assim como, pelos profissionais (enfermeiras, médicos, técnicos de enfermagem, secretária) que atendiam no setor. Os grupos de gestantes possibilitam as participantes esclarecerem dúvidas, expressarem suas ansiedades e receios referentes a gravidez e ao parto, assim como, permitem trocas de experiências, contribuindo para amenizar a insegurança diante da nova situação vivenciada por essas mulheres. O objetivo deste estudo foi desenvolver e avaliar a proposta de Grupos de Gestantes com encontros únicos, com duração de três horas, no turno da tarde e abordando os temas parto e amamentação. Material e Métodos: A metodologia deste estudo consistiu em solicitar as gestantes que participaram dos Grupos o preenchimento da ficha de inscrição que solicitava a idade e a escolaridade, assim como, no final do encontro, a ficha de avaliação, que consistia em marcar a alternativa mais adequada para os itens: número, tempo de duração, horário e temas do encontro. No final da ficha de avaliação, havia um espaço para sugestões. Resultados e Discussão: A partir das fichas de inscrição e avaliação foram obtidos os dados a seguir. O total de mulheres participantes foram 12, compreendendo a faixa etária de 13 a 30 anos, sendo que 3 participantes possuíam entre 13 e 18 anos, 4 de 19 a 24 anos e 5 de 27 a 30 anos. Quanto a escolaridade, 2 possuíam o ensino fundamental incompleto, 1 o ensino fundamental completo, 3 o ensino médio incompleto, 3 o ensino médio completo e 3 não informaram a escolaridade. Quanto a avaliação do número de encontros do Grupo de Gestantes, 6 participantes consideraram muito bom a proposta de um encontro, 5 consideram bom e duas consideraram ruim. Quanto ao tempo de duração, 7 consideraram bom o encontro com 3 horas de duração, 3 consideraram muito bom, uma considerou ruim e 1 sem opinião. Quanto ao horário do encontro (14-17h), 6 participantes consideraram bom, 5 consideraram muito bom e 1 considerou ruim. Quanto aos temas abordados, 9 participantes consideraram muito bom e 3 consideraram bom. Quanto as sugestões, 5 participantes solicitaram mais encontros, 2 comentaram que o encontro “Está muito bom, explicações claras”, e as demais participantes solicitaram abordar os temas enjôo, mudanças no corpo, amamentação, contracepção e mais diversidade de temas. Conclusões: Após o desenvolvimento de vários Grupos de Gestantes foi possível perceber que a maioria aprovou o encontro único, com 3 horas de duração, no turno da tarde, assim como, os temas abordados, o que viabiliza ao profissional da saúde (enfermeiro) manter como rotina este tipo de atividade, além de possibilitar a participação de um número maior de gestantes. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Saúde da Mulher, Gestante, Grupo, Parto, Amamentação

Apontamentos

  • Não há apontamentos.