Sexualidade Na Adolescência

Raquel Moraes Da Silva, Ariane Nunes Bender, Kelly Goulart Pazetto, Daiane Camargo Carneiro

Resumo


Introdução: Esta fase é particularmente delicada e mobilizante não só para jovens como também para os seus pais. No adolescente, devido a uma explosão hormonal, passam a ocorrer mudanças importantes em todas as áreas. A sua estrutura anatômica muda radicalmente. Acontece uma nova descoberta do corpo. Ocorre, um crescimento maior dos membros, principalmente superiores. Surgem pêlos pubianos, a voz muda, a genitália adquire novo tamanho e formato. Estruturas mamárias começam a crescer e se desenvolver. Estas mudanças podem ser podem ser lentas e graduais ou súbitas e repentinas. Podem iniciar-se aos 9, 10, 11 anos de idade ou aos 14, 15. Um seio fica maior do que o outro. No menino ocorre comumente o intumescimento mamário devido a influências hormonais. Tudo isto leva a um questionamento e a uma dúvida importante sobre estas modificações.Com isso acreditamos que o adolescente tem direito de ser saudável e buscar o seu próprio caminho, tomando e exercendo o controle de sua própria vida e sexualidade, sem a influencia da sociedade ou dos pais, que às vezes não sabe como lidar com essa situação. Pois é na adolescência em que ocorre o amadurecimento social, psicológico e físico, o que para muitos jovens é difícil de compreender, surgindo assim duvidas diversas sobre: aparência, sexo, gravidez, anticoncepção, doenças sexualmente transmissíveis, mudanças corporais, namoros, etc.Nossos objetivos foram: proporcionar uma orientação sexual adequada ou no mínimo esclarecedora para adolescentes, de idade entre 11 a 16 anos, pertencentes ao oitavo ano de ensino fundamental da educação municipal de Uruguaiana.Esclarecer dúvidas referentes à sexualidade na adolescência, oferecer informações a esses adolescentes, instruir a utilização de métodos contraceptivos, informar e orientar sobre as doenças sexualmente transmissíveis, oferecer-lhes uma conversa franca e sem culpa sobre a sexualidade, mudanças no corpo, sexo, etc. Material e Métodos: E MÉTODOS:Como métodos que foram utilizados em nosso projeto foram: conversas informais com os adolescentes, realização de discussões e debates sobre os assuntos que mais trazem duvidas aos adolescentes. Não foi necessária a autorização dos pais, por que o tema sexualidade já faz parte da grade curricular da escola. Foram realizadas 4 visitas.O material utilizado foi a mamamiga, para exemplificar o Câncer de Mama. Nela, os alunos puderam sentir a textura dos nódulos em diferentes estágios do câncer de mama e como realizar o auto-exame de mama. Resultados e Discussão: Esclarecemos muitas dúvidas dos adolescentes como: Câncer de mama; Câncer de testículo; Preventivo; Menstruação; Relações Sexuais; Métodos Anticoncepcionais; Gravidez; Outros assuntos.A utilização da mamamiga foi produtiva, pois demonstrou como fazer um auto-exame e detectar um possível de câncer de mama. Mesmo com a orientação oferecida pelo colégio aos alunos ainda restavam muitas dúvidas sobre a sexualidade, que podemos esclarecer em nossos encontros, os tornando muito produtivos. Conclusões: A relevância deste trabalho nas escolas foi de oferecer à maior e a melhor informação aos adolescentes sobre os assuntos que lhe são interessantes - como sexo, sexualidade, prevenção, DSTs, gravidez indesejada - ou também apenas para tirar duvidas freqüentes que eles possam ter sobre assuntos relacionados.Queremos também ser "amigos" dos adolescentes - pelo motivo de os adolescentes se abrirem melhor com amigos do que com pais para podermos ter uma melhor abertura durante a conversa, sem que haja tabus, vergonha e insegurança. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Sexualidade, Adolescência

Apontamentos

  • Não há apontamentos.