Prevenção De Acidentes Com Animais Peçonhentos No Pampa Brasileiro

Leonan Guerra, Liliana Mendes Mainardi, Barési Freitas Delabary, Guilherme Garcez Cunha, Paulo Afonso Hartmann

Resumo


Introdução: Os acidentes com animais peçonhentos ainda representam um problema de saúde pública no Brasil. A gravidade e o grande número de pessoas atingidas tornam de grande importância o entendimento dos agentes causadores dos acidentes. Tratamentos eficientes foram desenvolvidos ao longo dos anos, entretanto, questões mais simples, como formas de prevenção podem ser mais exploradas e difundidas. Embora nosso país apresente uma fauna extremamente rica, poucos são os conhecimentos da população sobre ela. Um maior esclarecimento sobre nossas espécies e os reais riscos apresentados, diminuiria o número de acidentes e o impacto antropológico sobre essas comunidades faunísticas. Baseado nisto, este projeto teve dois objetivos principais. Primeiro, transmitir ao público informações sobre a prevenção dos acidentes com animais peçonhentos ocorrentes na região do município de São Gabriel, RS. Segundo discutir a importância ecológica que esses animais possuem, evitando que sejam tomadas atitudes que venham a prejudicar o equilíbrio ecológico das espécies. Material e Métodos: O projeto iniciou em agosto de 2008, completando até o momento 15 meses de atividades. O projeto foi desenvolvido por meio de atividades teórico-práticas (palestras, cursos, mostras, exposições) versando sobre aspectos importantes da ecologia dos animais que podem causar acidentes e sobre como prevenir os acidentes. A divulgação das atividades foi feita por meio de contato telefônico e visitas aos representantes do público alvo. As atividades foram agendadas e planejadas em função das características de cada público, considerando a região, o grau deinstrução e a possibilidade de aplicação do conhecimento. Para as atividades foram elaboradas apresentações em datashow, jogos e dinâmicas além de material didático para as mostras e exposições. Os principais assuntos abordados foram: epidemiologia dos acidentes com animais peçonhentos, identificação dos animais peçonhentos e formas prevenção de acidentes com animais peçonhentos. Resultados e Discussão: Nos 15 meses de atividades foram realizadas 35 palestras, sete cursos e duas exposições, atendendo cerca de 1.200 pessoas. O público participante foi representativo de diferentes setores da sociedade, como escolas públicas e privadas, universidades, organizações não governamentais, técnicos de saúde e comunidade em geral do município de São Gabriel. Cada método explorado contribuiu para melhor identificação e maior conhecimento sobre cada animal. As principais dúvidas do público estão relacionadas a identificação das espécies perigosas, formas de tratamento e possíveis conseqüências do acidente. Para todos os públicos ficou nítida a importância em desmistificar as lendas, principalmente aos acidentes com serpentes. Conclusões: Na região de São Gabriel, onde a atividade rural é difundida, há uma exposição do público em geral a ambientes ocupados por animais, incluindo espécies peçonhentas. Para estas pessoas informações simples, como identificar o agente causador e o que fazer com o acidentado, podem facilitar o tratamento clínico e evitar seqüelas graves ou até mesmo a morte do paciente. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


serpente, aranha, peçonhento, envenenamento, palestra

Apontamentos

  • Não há apontamentos.