AnÁlise Dos Cursos De Nivelamento Em MatemÁtica - Campus Alegrete

Micheli Kaufmann Bianchini, Alessandro Da Silva Nunes, Fabiane Cristina Hopner Noguti

Resumo


Introdução: Sabemos que a matemática é imprescindível à formação de cientistas da computação e engenheiros, seja qual for seu ramo, pois ela estabelece relações diretas entre as diversas áreas da engenharia e da computação. Apesar disso, alunos ingressantes nos cursos de engenharia e ciência da computação oferecidos pela Universidade Federal do Pampa – Campus Alegrete apresentam, na grande maioria, dificuldades de acompanhar conceitos relativos à matemática superior que necessitam no primeiro semestre. Os altos índices de reprovação nas disciplinas básicas relacionadas à matemática e à física são o ponto de partida para o desenvolvimento de cursos e/ou disciplina de nivelamento que proporcionem a estes alunos revisão de conceitos relativos ao ensino fundamental e médio.Para isso, o campus Alegrete oferece desde 2007 cursos e/ou disciplina que revisa conceitos da matemática básica preparando os alunos para diversas disciplinas que fazem uso destes conteúdos no primeiro semestre letivo. Com este trabalho busca-se analisar o percentual de alunos que fazem curso de nivelamento e aprovam em Cálculo I. Após feita esta análise pretende-se saber se o curso/disciplina é (ou foi) útil aos alunos ou não; o que implicará, em caso negativo, que os professores responsáveis pelas disciplinas do básico no campus, busquem outras alternativas de embasamento matemático aos alunos ingressantes dos próximos semestres. Material e Métodos: Como o campus Alegrete oferece cursos e/ou disciplina que revisam conceitos da matemática básica desde o primeiro semestre de 2007, é possível fazer análise de aproveitamento por parte dos alunos que participaram do nivelamento e fizeram as disciplinas iniciais de cálculo I e para o ano de 2009 também geometria analítica. Para esta análise faremos uso de pesquisa comparativa entre as informações colhidas dos respectivos anos e pesquisa qualitativa que será realizada através de questionários aplicados aos alunos que já cursaram pra saber se estes consideram o curso/disciplina fundamental ou dispensável. Resultados e Discussão: Como resultados da pesquisa, realizada até o momento, obtivemos que dos alunos aprovados no curso de pré-cálculo no ano de 2007 (cerca de quarenta por cento da totalidade de ingressantes) todos aprovaram em Cálculo I do respectivo ano. Já em 2008 dos alunos que cursaram a disciplina e aprovaram (cerca de trinta e dois por cento da totalidade de ingressantes) obteve-se aprovação de sessenta e quatro por cento destes em Cálculo I do respectivo ano. A análise do ano de 2009 deverá englobar as disciplinas de Cálculo I e também Geometria Analítica, visto que o curso que em anos anteriores era feito em quinze dias passou a ser uma disciplina complementar de graduação, sendo efetivada ao longo de todo o primeiro semestre. Conclusões: Os resultados obtidos até o momento mostram que apesar do índice de aprovação dos alunos cursantes do nivelamento em matemática ser relativamente pequeno os que concluem esta disciplina com resultados positivos obtiveram, na sua maioria, resultados positivos também em cálculo I. Tais resultados comprovam que a disciplina oferecida como apoio vem ajudado de maneira positiva aos alunos aprovados, mas tem pontos a melhorar, visto que entre os reprovados dos cursos de nivelamento, poucos alcançam aprovação em Cálculo I. Orgão de Fomento: PBDA 2009 - UNIPAMPA

Palavras-chave


matemática básica, pré-cálculo, alunos, cálculo, nivelamento

Apontamentos

  • Não há apontamentos.