Saúde Da FamÍlia: A Atenção BÁsica No MunicÍpio De São Borja

Sílvia Aparecida Batista, Laureane Da Rocha Escoto, Maria Alturina Machado, Patricio Caetano, Giliane Araujo

Resumo


Introdução: Este resumo é fruto de um trabalho realizado no curso de Serviço Social na disciplina de Direito e Legislação Social II, ministrada pela Professora Sheila Kocourek. A saúde é uma das políticas sociais do tripé da Seguridade Social, prevista no art.194. da Constituição Federal de 1988 e o seu acesso garantido na lei 8.080 de 1990 que institui o SUS Sistema Único de Saúde, as condições de efetivação e organização dos seus serviços. Nossa proposta, consiste em abordar o tema saúde da família entendida como uma estratégia de reorientação da atenção básica, que se materializa através da estratégia saúde da família por meio das equipes multiprofissionais, tendo seu direcionamento voltado à classe popular. Material e Métodos: Esta produção científica, resultou de uma pesquisa bibliográfica, coleta de dados e informações obtidas na Secretaria Municipal da Saúde (enfermeira chefe) e no Conselho Municipal da Saúde (secretário executivo), de São Borja. Buscou-se, a partir disso uma visão da gestão e gerência para mostrar o panorama geral da Estratégia Saúde da Família , e se os objetivos foram alcançados desde sua implantação Resultados e Discussão: O programa em São Borja foi implantado no ano de 2002. Atualmente conta com treze equipes, sendo doze na área urbana e uma na rural, que atendem 10.506 famílias do município. A equipe multiprofissional é composta por médico, enfermeiro , técnico em enfermagem, cinco agentes comunitários de saúde, odontólogo, auxiliar consultório odontológico e agente operacional de saúde. Há ainda os profissionais da equipe complementar o NASF- Núcleo de Apoio à Saúde da Família, criado pela portaria nº 154 de 2008, tal equipe é formada por psicologa, nutricionista, fisioterapeuta, pediatra, ginecologista-obstetra e farmacêutico, que desenvolvem um trabalho em conjunto com a equipe miníma. Desde sua implantação, a Estratégia já atingiu a reorganização dos serviços de saúde, mediante compromisso de pactuação com as três esferas governamentais. Tais serviços abrangem, cobertura de vacinas, atendimento à gestantes, crianças, idosos, hipertensos , visitas domiciliares e entre outras doenças. O município conta ainda, com o Sistema de Informação do Acompanhamento do Pré natal e o Primeira Infância Melhor, um para as gestantes e o outro para crianças. E o Conselho Municipal da Saúde atua como fiscalizador dos recursos repassados à programas da área da saúde, juntamente com a participação social no controle. Conclusões: Observa-se, portanto que a saúde em são Borja, alcançou e consolidou essa estratégia voltada a sua organização e atendimento descentralizado e focalizado, pois é uma lógica preventiva-curativa de atenção básica primária que proporciona à saúde pública do município pouco investimento. E percebe-se que o esforço da Gestão está na qualificação e continuidade dos serviços de saúde oferecidos para a população do município de São Borja. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Saúde, Atenção básica, Sus, Politica social

Apontamentos

  • Não há apontamentos.