PrÁticas PublicitÁrias E Demandas Da Comunidade: Experiências Do Curso De Publicidade E Propaganda Da Unipampa

Darciele Paula Marques, Flavi Ferreira Lisboa Filho, Juliana Zanini Salbego, Roberta Roos Thier, João Antônio Gomes Pereira

Resumo


Introdução: Este trabalho tematiza as práticas publicitárias e as demandas da comunidade são-borjense, cujas atividades pautaram-se por: atender clientes identificar suas necessidades de comunicação; criar e produzir campanhas ou peças publicitárias; elaborar planejamento de mídia, veicular as campanhas e peças produzidas, executar as ações propostas e avaliar os resultados. Os trabalhos foram desenvolvidos pelos acadêmicos do Curso de Publicidade e Propaganda da Unipampa e tiveram orientação dos docentes conforme sua área de atuação. As atividades extensionistas de publicidade, foram desenvolvidas nas disciplinas de Agência I e II do Curso de Publicidade e Propaganda. Durante a realização dessas disciplinas buscou-se uma interação com a comunidade são-borjense a partir da identificação das demandas de comunicação dos clientes selecionados. Outro fator que contribui para realização das campanhas ou peças foi a ausência de possibilidades de estágios para os alunos de Publicidade e Propaganda em agências de publicidade na cidade, tornando-se uma alternativa para a prática e o desenvolvimento de peças publicitárias de cunho institucional, organizacional e empresarial. Material e Métodos: Os acadêmicos foram divididos em grupos e montaram uma espécie de mini-agência para a realização das atividades. Cada discente ficou responsável por atender uma das quatro áreas da agência (atendimento e planejamento; criação; produção; mídia). O briefing para a execução do trabalho era disponibilizado para a área de atendimento e planejamento de cada mini-agência. As peças e campanhas desenvolvidas demandaram a utilização de processos clássicos da publicidade e propaganda, como a análise do briefing, pesquisa exploratória e brainstorming. Após a seleção de qual conceito seria trabalhado elaborava-se um planejamento referente à sua empregabilidade na mídia e formas de uso. Posteriormente, foram produzidas as peças com o auxilio de softwares próprios para este fim, como: o Corel Draw, o Photoshop e o Adobe Reader para a finalização do produto. Resultados e Discussão: Os trabalhos desenvolvidos pelos discentes foram apresentados aos docentes da disciplina e posteriormente aos clientes. Dentre as principais práticas publicitárias extensionistas destacam-se as seguintes campanhas: Campanha do Agasalho, Feira da Economia Solidária, I Fórum de Cidadania, Comunicação e Cultura; III Seminário de Cultura e Memória e campanha preventiva contra a Drogadição Infantil. Conclusões: Estes foram alguns dos exemplos que possibilitaram o aprimoramento técnico dos discentes, pois eles tiveram a possibilidade de vivenciarem experiências reais de criação, a partir de trabalhos provenientes tanto do ambiente interno da Universidade quanto externo, oriundos da comunidade são-borjense, exercendo suas capacidades nas diversas áreas de formação do curso. Esse conjunto de práticas demonstrou que uma universidade, em especial o curso de graduação em Publicidade e Propaganda tem um papel político, social e cultural importante para cumprir na comunidade. Assim como, as interfaces com a comunidade a partir de suas demandas trazem um aprendizado que contribui na formação de um profissional mais consciente de seu compromisso social, mais cidadão. Orgão de Fomento: UNIPAMPA

Palavras-chave


Práticas Públicitárias, Publicidade e Propaganda, Comunidade

Apontamentos

  • Não há apontamentos.