Dificuldades Na Aprendizagem MatemÁtica

Julianne Marçal Munhoz

Resumo


Introdução: A matemática é uma das ciências mais antigas que se têm notícia; ela deriva do grego máthema que significa ciência, conhecimento ou aprendizagem, derivando daí mathematikós, que significa o prazer de aprender. Desde aproximadamente três mil anos antes de cristo os números e os sistemas de contagem já faziam parte do cotidiano das civilizações associados às atividades práticas como a medição de terrenos. Pergunta-se então, como uma ciência tão antiga e prática têm uma grande dificuldade de aprendizagem. Modernamente, vive-se o mundo matemático: a geometria está nas construções civis e na natureza (favos de mel de colméias); as funções lineares podem descrever o crescimento de uma planta em um determinado intervalo de tempo e as funções exponenciais podem prever o número de bactérias de uma população.Assim, tem-se a finalidade de esclarecer que as dificuldades encontradas na aprendizagem da matemática estão não só na falta de coligação desta ciência com o dia a dia, mas também com a falta de interesse pelo conhecimento do assunto e a ausência de disciplinas práticas para abordagem do mesmo. Material e Métodos: A Universidade Federal do Pampa, campus São Gabriel, cidade localizada na fronteira oeste do Rio Grande do Sul foi o local de estudo e observação das dificuldades na aprendizagem da matemática, com o oferecimento de práticas educativas semanais de reforço para discentes da cadeira de Cálculo oferecida nos cursos de Ciências Biológicas e Engenharia Florestal visando à resolução de exercícios e eliminação de dúvidas. Tais práticas tiveram a durabilidade média de cento e vinte minutos. Resultados e Discussão: As seqüências das práticas educativas demonstraram os seguintes resultados: há dúvidas dos motivos de se estudar a matemática; a presença da maioria dos educandos nas aulas de reforço se dá apenas próximo à avaliação; há dificuldades na visualização mental dos tópicos abordados, ou seja, é difícil imaginar. Conclusões: É notório que a matemática está presente em muitas situações do nosso cotidiano, mas a sua ligação com a aprendizagem é débil; é visível também que esta ciência iniciou-se com ações práticas e hoje, muitas vezes, não passa da teoria. Diante disso, conclui-se que as dificuldades no aprendizado da matemática são sanadas quando os educandos percebem que os problemas são regidos por um conjunto de relações numéricas juntamente com as suas simplicidades e complexidades. Além disso, a manipulação e a observação (em laboratório) da teoria virando prática (ou seja, a imaginação se concretizando) aumentará o interesse por assuntos matemáticos e assim as dificuldades enfrentadas poderão ser minimizadas. Orgão de Fomento: Unipampa

Palavras-chave


Dificuldades, Aprendizagem, Matemática, Cotidiano, Práticas

Apontamentos

  • Não há apontamentos.