VÍdeo-aula Como Ferramenta Pedagógica Para Aulas PrÁticas De BiofÍsica A.

Maria Eduarda De Lima, Eduardo Kulmann, Carlos Maximiliano Dutra, Vanderlei Folmer

Resumo


Introdução: Este trabalho foi desenvolvido dentro da monitoria de ensino na disciplina de Biofísica A do curso de Fisioterapia da Universidade Federal do Pampa. A disciplina de Biofísica A tem como objetivo introduzir e explicar os conceitos e fenômenos físicos relacionados com os recursos eletrotermoterapêuticos utilizados em Fisioterapia.O uso da vídeo-aula em cursos na área de saúde já vem sido bastante utilizado nos cursos de medicina e pode ser um recurso pedagógico complementar importante para o estudo de técnicas abordadas em aulas práticas.Pretendemos avaliar o potencial pedagógico de uma vídeo-aula na apresentação da teoria física e a aplicação do recurso eletrotermoterapêutico. Material e Métodos: Para atingir este objetivo, produzimos uma vídeo-aula, um teste de conhecimentos e também ministramos um conteúdo igual ao da vídeo-aula em uma aula prática presencial, tendo como temática o Ultrassom.Para a produção da vídeo-aula os materiais utilizados foram: uma câmera digital, uma maca, um aparelho de ultrassom terapêutico, um tubo de gel especifico para “Ultrassom”. A realização da vídeo-aula que envolveu as etapas de roterização, filmagens e edição contou também com a participação de acadêmicos co-autores do presente trabalho.Foi realizada uma aula prática presencial sobre Ultrassom com 13 alunos do curso de Fisioterapia utilizando os mesmos conteúdos expostos na vídeo-aula, após a aula estes responderam a um questionário para teste dos conhecimentos específicos. O questionário contém questões de verdadeiro ou falso e também questões de completar lacunas.Pretendemos ainda apresentar a vídeo-aula a outro grupo de 13 alunos do Curso de Fisioterapia , verificar os conhecimentos e comparar com os obtidos a partir da aula prática presencial utilizando um teste de hipótese no estudo comparativo. Resultados e Discussão: No presente trabalho produzimos uma vídeo-aula sobre Ultrassom abordando os princípios físicos e a aplicação da técnica como recurso eletrotermoterapêutico para tratamento em Fisioterapia.O teste de conhecimentos no grupo de alunos voluntários submetido a aula prática resultou em uma média de 64% de acertos com desvio padrão de 16% .Ainda realizaremos a avaliação de desempenho a partir da vídeo-aula para efetuar uma análise comparativa. Conclusões: O estudo das aulas práticas por parte do aluno considerando o desenvolvimento das Tecnologias da Informação e Comunicação merece uma atenção especial. Discutimos neste trabalho o potencial da vídeo-aula como ferramenta pedagógica de apoio as aulas presenciais e para tanto produzimos uma vídeo-aula sobre Ultrassom e procuramos avaliar através de teste conhecimentos o desempenho de alunos submetidos a aula prática tradicional e a vídeo-aula. A média de acertos no teste de conhecimentos após a aula-prática foi de 64%, ainda temos que submeter grupo de alunos a vídeo-aula e aplicar o teste de conhecimentos por isso apresentamos neste resumo os resultados parciais do trabalho que pretendemos concluir até o Salão de Ensino. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Ultrassom, Biofísica a, Eletrotermofototerapia

Apontamentos

  • Não há apontamentos.