A Importância Das Aulas PrÁticas De BioquÍmica Na Visão Dos Estudantes Do Curso De Medicina VeterinÁria Da Universidade Federal Do Pampa

Luiza Pedroso Leal, Vanderlei Folmer

Resumo


Introdução: A Bioquímica é uma ciência que descreve características e funções das biomoléculas. Por isso, as aulas práticas desta disciplina devem aproximar o aluno de métodos científicos a fim de melhor compreender fenômenos biológicos. Na Medicina Veterinária, a compreensão dos princípios bioquímicos básicos é essencial tanto para disciplinas específicas, como para suporte a trabalhos de pesquisa. Neste contexto, este trabalho teve por objetivo avaliar a importância das aulas práticas de Bioquímica, durante um semestre letivo, na opinião de estudantes do curso de Medicina Veterinária. Material e Métodos: Na Unipampa, a disciplina de Bioquímica Geral I é oferecida aos alunos de Medicina Veterinária no primeiro semestre com um total de 45 horas/aula, sendo 30 horas teóricas e 15 horas práticas. Os 45 alunos matriculados foram divididos em três turmas que desenvolviam atividades no laboratório em diferentes horários. No início das práticas, os 5 grupos com 3 componentes cada, recebiam protocolos com uma descrição geral do experimento, sendo supervisionados pelo docente e pela monitora. Os resultados e conclusões dos experimentos deviam ser construídos pelos alunos e descritos, ao final do semestre, na forma de um relatório geral. Posteriormente, aplicou-se um questionário aberto onde os alunos foram convidados a emitir uma opinião crítica a respeito do andamento e aproveitamento das aulas e podiam optar pela identificação ou não. Após uma análise qualitativa, as respostas do questionário foram categorizadas. A fim de evitar que o questionário fosse confundido com uma avaliação da disciplina, este foi aplicado no semestre seguinte. Acredita-se então, que os comentários possuam alto nível de credibilidade. Resultados e Discussão: O questionário foi recebido voluntariamente por 32 alunos. Um foi devolvido em branco e apenas oito estavam identificados. Todos consideraram como boas as aulas, o que indica uma grande aceitação dos alunos em relação às práticas. Dentre as justificativas estão: melhor aprendizado e visualização dos conteúdos; esclarecimento de dúvidas; objetividade e boa elaboração e orientação das aulas. Alguns ainda demonstraram grande satisfação em poderem ser atuantes e construtores do próprio conhecimento através dos experimentos.Quando perguntados do que mais gostaram, a maioria citou os experimentos em si. Sobre o que não gostaram, dez deixaram em branco. Três alunos reclamaram da estrutura do laboratório e alguns, do grande número de alunos nas turmas. Por gerar acúmulo de conteúdos, a entrega do relatório ao final do semestre também foi criticada.Ao opinar sobre a contribuição destas aulas para sua formação, todos consideraram positiva pelas disciplinas que ainda terão. Dois alunos, mesmo não tendo atingido a média para aprovação, afirmaram ter adquirido um melhor conhecimento sobre a disciplina. Conclusões: Pode se concluir, pela análise dos resultados, que as aulas práticas são vistas de forma positiva, sendo consideradas espaços importantes no processo de ensino-aprendizagem, gerando modificações significativas no conhecimento e atitudes dos alunos e, que, uma abordagem com participação ativa destes, apresenta melhores resultados. Assim, alcança-se o papel central do ensino de Bioquímica que é ampliar as possibilidades de compreensão e interação, assim como aguçar a curiosidade científica. Orgão de Fomento:

Palavras-chave


Bioquímica, Aulas práticas, Monitoria, Aprendizagem significativa

Apontamentos

  • Não há apontamentos.