SOLUÇÃO COMPUTACIONAL PARA O MÉTODO DE DIVISÃO DE ÁREA PELA PROPORÇÃO DE TRIÂNGULOS (MDAPT)

Alencar Lucas Soares, Marcos Corrêa Silveira, Elmo Santos da Silva Neto, Raphael Borgias Vareiro, Ricardo Froehlich, Valmir Viera

Resumo


Os primeiros passos na arte de medir, e posteriormente na ciência topográfica, datam de mais de 5.000 anos a.C., com o início da civilização e formação de pequenas cidades, na edificação de casas por escravos manuseando esquadros, fios de prumos e níveis líquidos e na orientação de direção como os pontos cardeais (MILANI et al. 2016). A divisão de área ocorre em várias situações, tais como compra e venda, divisão entre herdeiros e/ou para loteamentos. A partir da dificuldade encontrada antigamente para a divisão de áreas, surge a ideia do Método de Divisão de Área pela Proporção de Triângulos (MDAPT), desenvolvido por Erni José Milani a partir das aulas de Topografia que ministra no Curso Superior de Tecnologia em Geoprocessamento da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O objetivo deste trabalho é desenvolver um algoritmo codificado na linguagem de programação C capaz de realizar o MDAPT, obtendo-se uma solução computacional para o método, que é demonstrado com um exemplo prático a campo. A linguagem C foi escolhida por ser de alto nível, possibilitando um maior reaproveitamento de código. Além disso, fornece acesso de baixo nível à memória e baixos requerimentos de hardware. É atualmente uma das linguagens de programação mais utilizadas. (ALBANO; ALBANO, 2010). Para a aplicação do método foram desenvolvidas no código, todas as áreas necessária para a divisão, independente do número de pontos ou o tamanho da área. A partir da implementação deste código baseado sobre o método, obtém-se uma grande facilidade de efetivar atividades de divisão de área no campo, o que torna todo o processo automatizado. A criação desta ferramenta tecnológica tem a capacidade de auxiliar e contribuir com a área do Geoprocessamento, mais precisamente a Topografia. Portanto, o resultado obtido no exemplo prático produzido em uma situação real a campo e demais levantamentos com divisões de área devidamente testadas, mostram que o código da solução computacional de fato produz resultados confiáveis e corretos.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.