FORMAÇÃO DE PROFESSORES E CONSTRUÇÃO DE SABERES SOBRE O TRANSTORNO DO ESPECTRO DO AUTISMO

Elisete Freire Pacheco, Claudete da Silva Lima Martins, Thainá Pedroso Machado, Rita de Cássia Morem Cóssio, Francéli Brizolla

Resumo


Este trabalho tem por objetivo apresentar o projeto Tertúlias Pedagógicas Inclusivas no Pampa: intervenção precoce com crianças que apresentam Transtorno do Espectro do Autismo, discutindo a respeito da importância do projeto para a formação de professores. O projeto é realizada em uma Escola de Educação Infantil de Bagé-RS, por meio da realização de tertúlias formativas, cuja temática central é o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA). Busca-se construir coletivamente alternativas inovadoras para intervenção com crianças e adolescentes que apresentam este transtorno. A metodologia utilizada no projeto é a metodologia dialética, envolvendo os três momentos pedagógicos (mobilização, construção, síntese), com abordagem qualitativa. O projeto está sendo desenvolvido no decorrer do ano de 2017, tendo como sujeitos os professores da Educação Básica, estudantes de graduação e pós-graduação e integrantes de grupos de pesquisa. Durante o projeto ocorreremreuniões de trabalho, de estudo e de pesquisa sobre o TEA, para aprofundamento da temática, em formato de Tertúlias. Para apresentação deste trabalho, adotou-se princípios da pesquisa exploratória (GIL, ANO). A coleta de dados foi realizada por meio da aplicação de questionários e realização de registros em diário de campo. Com as ações do projeto, espera-se influenciar os pensamentos e práticas realizadas pelos professores, que contribuirão para o trabalho docente e, principalmente para inclusão escolar dos alunos com Transtorno do Espectro do Autismo.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.