A REORGANIZAÇÃO DO LAYOUT PARA O EXERCÍCIO CORRETO DAS ATIVIDADES NO SETOR MARCENEIRO

Tassila Pacheco, Carla Peralta, Rennata Oliveira Rodrigues, Daniela Araújo Pacheco

Resumo


O presente artigo comtempla um estudo de caso descritivo no setor de marcenaria, realizado na empresa Comércio de Madeiras Oliveira Ltda., estabelecimento este, situado em Bagé, na região da campanha do estado do Rio Grande do Sul. O estudo tem como objetivo projetar, através da utilização dosoftwareSolidWorks, um novo layout para o setor escolhido, bem como aplicar conhecimentos da área da Ergonomia, com o propósito de melhorar e corrigir as atividades realizadas pelos operadores do setor. O artigo justifica-secom a busca pelo constante amparo de marceneiros expostos diariamente a diversos riscos ambientais, como físicos, químicos, ergonômicos e de acidentes, tendo em vista seu GR 3 (grau de risco), conforme a NR 4. Evitar lesões por esforços repetitivos também são fundamentos do estudo, onde temos que, muitas vezes tais circunstâncias ocorrem pela falta de instrução sobre a execução correta da tarefa em questão. A metodologia utilizada tratou-se de uma pesquisa qualitativa exploratória, executada de modo informal comcoleta e análise de dados, como adendo realizou-se um levantamento do índice de acidentes já ocorridos no setor e possíveis fontes de riscos do local.Posteriormente projetou-se um layout retificado considerando todo o maquinário e mobília do setor marceneiro, averiguando as atividades do trabalhador, buscando seubem-estar e melhora de sua produtividade. Conclui-se então, que há a necessidade de medidas corretivas no setor de estudo, como modificações no layout e consequentemente na linha de produção, a inserção de EPC (equipamento de proteção coletiva) ao maquinário, bem como o uso de EPI (equipamento de proteção individual) da forma correta, dentre outras medidas corretivas e preventivas, também contribuem na preservação da segurança e saúde do trabalhador. Contudo no que diz respeito a qualidade de vida no trabalho, na busca do bem-estar e a motivação do indivíduo, temos a importância da segurança do trabalho, em ressalto a ergonomia, tendo em vista que marceneiros desempenham atividades perigosas em suas profissões e põem em risco sua saúde, sustento e vida.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.