POLIFEIRA DO AGRICULTOR NA UFSM

Janice dos Santos Villanova, Gustavo Pinto da Silva

Resumo


Nos últimos anos temos acompanhado um aumento significativo de iniciativas que buscam reconectar o consumidor a quem produz os alimentos e a proliferação de redes agroalimentares alternativas, destacando especialmente os mercados de proximidade. Tomando como referência o debate sobre a qualidade dos alimentos e a comercialização por meio de mercados de proximidade, o presente trabalho se propõe a apresentar e discutir essas concepções do processo de implantação do projeto de uma feira livre denominada Polifeira do Agricultor no Campus da Universidade Federal de Santa Maria. A Polifeira do Agricultor foi inaugurada em 24 de abril de 2017 e funciona as segundas e quintas feiras, em local central do Campus, ao lado do Planetário e conta com dezessete agricultores familiares oriundos exclusivamente do município de Santa Maria. A organização da Polifeira do Agricultor é realizada pelo desenvolvimento de ações em três dimensões: organizacional / institucional, tecnológica e de mercados, que são articuladas entre si em um processo contínuo, a partir do que acredita-se que vá havendo mudanças progressivas nos referidos aspectos. Nesse sentido, tem-se promovido avanços tanto na forma de condução do trabalho, como também para o projeto como um todo, tornando a Polifeira conhecida no município, ao mesmo tempo em que reforça o papel da atuação da UFSM na construção de experiências que possam ser replicadas para outras situações e municípios.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.