CONTROLE DE PÁSSAROS FRUGÍVOROS NA VITICULTURA DE DOM PEDRITO - RS

Elisandra Nunes, Juan Saavedra Del Aguila, Pedro Paulo Parisoto, Lorena dos Santos Quincozes, Nadia Vianna, Jansen Moreira Silveira

Resumo


Muitas são as doenças e pragas acerca do cultivo de uvas viníferas que causam preocupações e prejuízo aos viticultores, o ataque de pássaros em uvas pode causar em média 25% a 60% de perdas diretas ou de valor comercial do cacho. Dos métodos de combate de pássaros na viticultura, fala-se de canhões de gás, gravações de aves de rapina, mão-de-obra (tiros de caçadeira) e refletores, porém estes não se revelam eficazes e transformam-se em muito trabalho e despesa para o produtor. A incidência de prejuízos causados por pássaros frugívoros na região de Dom Pedrito-RS vem causando uma série de prejuízos nas últimas safras, aos produtores. Logo, este trabalho tem por objetivo avaliar o uso de telas em vinhedos com proteção contra pássaros frugívoros em Dom Pedrito-RS, assim como uma análise econômica deste investimento. O experimento foi realizado no vinhedo comercial em Dom Pedrito-RS durante as safras de 2016/2017, com a cultivar Cabernet Sauvignon, enxertados em SO4. O delineamento experimental foi em bloco casualizado com dois tratamentos A sem tela de proteção e B com tela de proteção, cada tratamento com duas fileiras de 195 plantas, e para o cálculo de rentabilidade do Investimento dividiu-se o lucro da empresa ao vender essas uvas, pelo valor do investimento das redes. Os resultados demonstraram que na safra de 2016/2017, avaliando o uso da tela de proteção para pássaros frugívoros na campanha Gaúcha Dom Pedrito, com a variedade Cabernet Sauvingon, torna-se viável, e um investimento rentável ao produtor. Pela importância do resultado, principalmente ao produtor, torna-se imprescindível a repetição deste experimento em no mínimo mais duas safras.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.