PROGRAMA DE AVALIAÇÃO DO CONDICIONAMENTO FÍSICO E PREVENÇÃO DE LESÕES EM CORREDORES AMADORES

Matheus Pereira, Marcos Roberto Kunzler, Matheus Dotto Pereira, Bruno Machado Maroneze, Suellen Belmonte Nery, Felipe Pivetta Carpes, Renato Ribeiro Azevedo

Resumo


A prática regular de corrida é uma das formas mais efetivas para prevenção de doenças e melhora da qualidade de vida. Correr melhora indicadores da saúde cardiovascular, minimizando o risco de doenças crônicas. No entanto, a falta de prevenção ou orientação sobre o treinamento de corrida pode aumentar a chance de lesões. É um importante papel da Universidade promover a inserção de estudantes no meio comunitário, provendo a transferência de conhecimentos aplicados, o que pode ser alcançado com sucesso a partir de ações de extensão universitária. Assim, este trabalho descreve um projeto de extensão que desenvolve ações de avaliação, orientação e acompanhamento de corredores amadores. O projeto de extensão Correndo com saúde: práticas de avaliação, orientação e acompanhamento de atletas amadores praticantes de corrida, tem como objetivo propor ações acadêmicas de avaliação, orientação e acompanhamento de atletas amadores praticantes de corrida. Inicialmente, a equipe elaborou um cronograma de atividades e avaliações dos participantes. A divulgação na comunidade ocorreu por distribuição de folders, redes sociais e eventos esportivos, buscando atingir a população alvo. Corredores agendaram testes de avaliação física no laboratório de Neuromecânica da Unipampa, mediante liberação médica para realização de esforços físicos. Na avaliação, cada participante era submetido a testes de aptidão física e técnica de corrida, como testes antropométricos, flexibilidade, estesiometria, baropodometria, força, teste incremental máximo em esteira ergométrica com análise do lactato sanguíneo (opcional), e cinemetria. Logo após os testes, o participante recebeu os resultados preliminares impressos, e posteriormente, um relatório completo, via e-mail. Todas as avaliações são gratuitas. Desde o início do projeto até o presente momento, foram avaliados 39 participantes, sendo 28 homens e 11 mulheres. De posse das informações fornecidas no relatório, os atletas podem desenvolver rotinas de prevenção de lesões e treinar com base nas zonas de treinamento. O Projeto correndo com saúde, até o presente momento vem alcançando o objetivo proposto com ações entre a Universidade e a comunidade de Uruguaiana provendo informações importantes para corredores de rua e capacitando acadêmicos para a prática profissional.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.