A CONCEPÇÃO DA COMPOSIÇÃO DO NÚCLEO FAMILIAR PARA A PESSOA IDOSA: RELATO DE EXPERIÊNCIA

Jarbas Ziani, Cenir Gonçalves Tier, Jarbas da Silva Ziani, Ane Gabrielle Muniz, Muriel Salgueiro da Silva, Ariane Ferreira de Menezes, Caroline Gonçalves Kubiça

Resumo


Este presente trabalho tem o objetivo identificar o número de famílias que vem confrontando com as particularidades do envelhecimento e/ou adoecimento de um de seus entes vem aumentando progressivamente. Diante deste contexto, é possível observar a nova concepção de família na contemporaneidade, onde a solidão tornou-se uma das maiores lamentações, principalmente na terceira idade. Com a evolução demográfica, a urbanização dos espaços rurais e o aumento do uso das novas tecnologias, com consequente estabelecimento de relações virtuais, associados a outros fatores, tem-se observado um aumento de queixas de solidão, sobretudo em idosos (AZEREDO; AFONSO, 2016). Neste sentido, buscou-se como objetivo apreender a composição do núcleo familiar para a pessoa idosa. Trata-se de um relato de experiência referente a uma atividade desenvolvida pela equipe do projeto de Extensão: Envelhecer com Arte e Saúde no qual fazem parte da equipe executora discentes do curso de Graduação em Enfermagem e Medicina Veterinária da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA).

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.