EXPERIÊNCIA DE UM PROGRAMA DE RÁDIO COMO PRODUÇÃO DE SAÚDE MENTAL E PREVENÇÃO AO SUICÍDIO

Joseane Trindade Nogueira, Bruna Stamm, Marcelo Quintana Soares, Luana Ribeiro Borges

Resumo


Setembro Amarelo é o mês de campanha à conscientização sobre a prevenção ao suicídio, e toda ameaça de uma pessoa em situação de vulnerabilidade para o suicídio deve ser levada a sério, mesmo quando pareça falsa ou de caráter manipulador (VIDAL; GONTIJO, 2013).
Assim, o presente tem por objetivo compartilhar a experiência acadêmica de uma oficina de rádio como produção de saúde mental e prevenção ao suicídio. Integram o projeto, atualmente, dois usuários dos serviços de saúde mental da RAPS, um psicólogo da RAPS, acadêmica e docentes do curso de graduação em enfermagem da UNIPAMPA. A proposta é desenvolvida através de encontros semanais, como metodologia das atividades é utilizado rodas de conversas, nas quais são discutidos e acordados a proposta semanal do programa de rádio. No programa de rádio o grupo, que teve duração de aproximadamente 50 minutos, os locutores/usuários expuseram e divulgaram sobre o tema Setembro Amarelo, desmistificando aspectos relativos a morte por suicídio. Isso repercute como possibilidade de falar sobre o assunto (CONTE et al., 2012). Os locutores/usuários ocuparam um espaço de visibilidade e voz por meio do programa, expondo sua visão sobre o assunto e relatando suas experiências de tentativas ao suicídio, e como a RAPS colaborou para desistência de tal ato e para o equilíbrio emocional, houve também um debate sobre a Reforma Psiquiátrica brasileira, onde os usuários descreveram o tratamento que a RAPS proporciona, permitindo aos mesmos a liberdade, diferente dos manicômios que aprisionava os pacientes. Conclui-se que a oficina de rádio tem por objetivo a produção de saúde mental e prevenção ao suicídio, foi possível observar que durante o processo de planejamento do programa despertou-se o interesse dos locutores/usuários em orientar a sociedade sobre o suicídio e a não realizar o ato.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.