DISCUTINDO GÊNERO E SEXUALIDADE NA UNIVERSIDADE: QUESTÕES E PERSPECTIVAS

Bruno Rosa da Rosa, Mônica Ferreira Cassana, Gilmar Junior Ferraz Bolsan

Resumo


Este trabalho tem como propósito apresentar o projeto em andamento desenvolvido no âmbito do grupo PET (Programa de Educação Tutorial) Letras da Universidade Federal do Pampa - campus Bagé. O referido projeto tem como objetivo tratar da temática sexualidade e identidade de gênero nas escolas e universidades da cidade de Bagé/RS, visto que tal pauta ainda é um tabu para uma parcela da comunidade bageense. Ainda que a Constituição expresse no art. 5º que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, sendo garantido aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, essa, entretanto, não chega a ser a realidade das pessoas às quais este trabalho se refere, pois o Brasil é o país que mais mata travestis e transexuais no mundo. Dessa forma, ter a possibilidade de falar sobre esses temas revela a importância de um projeto que discuta essas questões de forma a desconstruir sentidos sedimentados socialmente, principalmente a respeito da identidade de gênero. Para isso, foram realizadas rodas de conversas para a comunidade acadêmica, prevendo debates democráticos e pluralistas sobre transexualidade e identidade. O objetivo é que tais espaços de fala possam contribuir para o bem-estar e a informação dos estudantes e demais interessados. Para tanto, é importante que haja uma ressignificação do que é a transexualidade para a comunidade acadêmica, ajudando-a a entender as diferentes manifestações da identidade do ser humano e subvertendo valores que estão incutidos na sociedade. A justificativa do projeto, além do já tratado até aqui, está em conformidade com o que orienta o PNE (Plano Nacional de Educação), isto é, propor a superação das desigualdades educacionais, com ênfase na promoção da cidadania e na erradicação de todas as formas de discriminação. Desse modo, o projeto tem como finalidade compreender o assunto de uma maneira abrangente e, também, conhecer um pouco da trajetória de ensino das pessoas transexuais em instituições de educação da região, de modo a traçarmos um panorama investigativo sobre como subjetivar-se a partir de determinado gênero pode estar relacionado a dificuldades na vida escolar/acadêmica. Com isso, busca-se conhecer a história dessas pessoas e como foi o seu itinerário enquanto estudantes da rede pública ou privada, reconhecendo os aspectos positivos e negativos das macropolíticas que regem essas instituições e como isso afeta diretamente a trajetória escolar. A metodologia prevista para a execução do projeto se baseia em leituras sobre o tema para nortear as conversas e servir de embasamento teórico, junto com as próprias narrativas pessoais dos transexuais convidados a participar. Espera-se que, a partir da introdução desse projeto, esses temas possam estar presentes no dia a dia da comunidade acadêmica, fortalecendo o respeito e a diversidade dentro da instituição.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.