EDUCAÇÃO AMBIENTAL: CONCEITOS E LEGISLAÇÃO

Jorge Luiz Costa da Silva, Alessandro Carvalho Bica

Resumo


Esta pesquisa procurou demonstrar que o contexto em que se insere o aparecimento da Educação Ambiental (EA) está relacionado com a eclosão da problemática ambiental. A EA deve ser entendida como um ponto de convergência surgida no seio do movimento ambientalista internacional. As conferências de Estocolmo em 1972 e de Tbilisi em 1977 deram impulso para que a EA fosse inserida nos sistemas oficiais de ensino dos países participantes destes eventos. A proposta de desenvolvimento das atividades de EA surge como possibilidade de enfrentar, ao mesmo tempo, as causas e as consequências da degradação ambiental. No Brasil não tardou o surgimento de legislação para a proteção ambiental e ainda em 1981 foi estabelecida a Política Nacional do Meio Ambiente com previsão da EA. Do ponto de vista conceitual foram verificadas transformações constantes que caracterizam as atividades de EA. Estas transformações ocorrem também devido a existência de diversas correntes ou tendências ambientalistas e o modo pelo qual estas buscam alcançar seus objetivos e desenvolvem suas atividades. Pela legislação brasileira a EA deve ser ministrada em todos os níveis do ensino formal como também fora do sistema formal, dirigida para a população em geral.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.