A UTILIDADE DAS TIPOLOGIAS PARA A COMPREENSÃO E ANÁLISE DAS POLÍTICAS PÚBLICAS

Larissa Zanela Mendes, Angela Quintanilha Gomes

Resumo


Este artigo propõe uma leitura sobre duas tipologias de análise de políticas públicas: o Ciclo de Políticas Públicas nas versões de Enrique Saravia (2006) e Leonardo Secchi (2013), que dividem a política pública em sete estágios sequenciais e independentes, bem como o modelo de Múltiplos Fluxos desenvolvido por John Kingdon, que concentra o seu estudo nas três primeiras fases do ciclo, isto é, os estágios pré-decisórios, buscando compreender como e por que ocorre entrada de determinadas pautas na agenda governamental e quais os atores envolvidos no processo decisório. Para tanto, realizou-se um estudo utilizando as bibliografias pertinentes à temática. A escolha de tais modelos se deu pela importância que os mesmos proporcionam aos estudos das Políticas Públicas e ao grande poder explicativo que reúnem.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.