ESTUDO MAGNETOMÉTRICO APLICADO COMO AUXILIO AO MAPEAMENTO GEOLÓGICO DE DETALHE - CAÇAPAVA DO SUL

Filipi Godinho Veiga, Filipi Godinho, Patrick Rogger Garcia Santos, Paulo Roberto do Santos, Maximillian Fries

Resumo


O presente trabalho tem como base um estudo geofísico terrestre realizado em uma área cristalina no campus da Unipampa Caçapava do Sul. Para o tanto foi utilizado o método magnetometrico, aplicado para detectar descontinuidades rochosas e variação petrográfica decorrente dos minerais presentes no contexto geológico. Primeiramente foi feita uma análise com base na bibliografia para determinar a área de estudo, e com isso observar qual seria o método geofísico indicado para a realização trabalho. Posteriormente foi feita aquisição de dados e um processamento dos mesmos gerando como fruto imagens que pudessem ser relacionadas com o meio geológico para que então sejam caracterizadas feições que não aviam sido percebidas por outros autores. O trabalho foi capaz de identificar além das descontinuidades detectadas, as variações petrográficas em detrimento da mineralogia também apresentam importante papel nas variações anômalas de menor amplitude. O estudo apresentou resultados importantes na caracterização preliminar de uma área situada em uma rocha cristalina. As informações obtidas a partir do Mapa Integrado Geologia x Geofísica oferecem importantes subsídios no reconhecimento das principais descontinuidades no local. Agregam importantes informações a geologia de superfície e constitui importante elemento em estudos geotécnicos e ambientais.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.