SAÚDE DO(A) PROFISSIONAL BOMBEIRO(A): UM ESTUDO DE TENDÊNCIAS

Karen Cristiane Pereira de Morais, Rosêngela Marion da Silva

Resumo


Ao se pensar no trabalho de uma corporação de bombeiros, logo chega-se à conclusão de uma profissão de alta periculosidade e de grandes fatores estressantes. Entende-se que a enfermagem é baseada no cuidado ao outro, quando se refere a saúde do trabalhador o(a) enfermeiro(a) pode trabalhar no processo de educação em saúde para que haja um serviço com menos sofrimento devido a inconstante da rotina do serviço. Portanto este estudo tem como objetivo identificar a tendência da produção científica brasileira em teses e dissertações na área de enfermagem sobre a saúde do(a) profissional bombeiro(a). Trata-se de um estudo qualitativo, de natureza descritiva, estruturado por meio de uma revisão narrativa de literatura. Este estudo foi realizado no mês de maio de 2017, no Portal de teses e dissertações da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) pelo campo assunto com a palavra bombeiros, onde foi encontrado 5 estudos na área de enfermagem. Observou-se que a Enfermagem estudou os temas relacionados ao estresse e síndrome de burnout, capacidade de trabalho e qualidade de vida. Desta forma pode-se concluir a importância de mais estudos na área de enfermagem com essa população, em razão desses(as) profissionais auxiliarem na qualidade de vida e promoção da saúde.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.