INFLUÊNCIA DA FERTILIZAÇÃO NITROGENADA NA COMPOSIÇÃO FLORÍSTICA DE UMA PASTAGEM NATURAL SOBRESSEMEADA COM AZEVÉM ANUAL

Mariana Rockenbach de Ávila, Carlos Nabinger, Daniel Brambilla, Ilsi Boldrini, Raquel Schneider

Resumo


A pecuária de corte do Rio Grande do Sul é baseada na utilização de pastagens naturais. Estas passam por um período de vazio forrageiro no inverno quando ocorre a estabilização do crescimento das plantas, em virtude do decréscimo de temperatura e luminosidade. A adubação das pastagens naturais associado à sobressemeadura de espécies hibernais é uma alternativa para aumentar a disponibilidade de forragem e diminuir a estacionalidade da produção. O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito do nitrogênio na dinâmica da vegetação no período do verão. Foram utilizadas três doses de nitrogênio em cobertura: zero (Nzero), 100 (N100) e 200 (N200) kg/ha de N, num delineamento em blocos casualizados com três repetições. Para avaliar a composição florística da vegetação efetuou-se um levantamento florístico no verão. Foram encontradas espécies de baixo interesse forrageiro no tratamento N200, período que sucede o azevém.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.